CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

zzzzbbgurupi05De acordo com o Diretor do Grupo de Operações Táticas Especiais (GOTE) de Palmas, Rildo Barreira Cargo, cerca de 120 homens das Polícias Civil e Militar dos Estados do Tocantins e Goiás estão fazendo cerco para prender os assaltantes que arrombaram o cofre da agência do Bando do Brasil da Rua 05 em Gurupi.Fotos : Web, Silas , Jorineu ,Agnaldo. Além da Polícia Rodoviária Federal.

Depois da calmaria a comunidade se auto define como desprotegida com o alto poder de fogo de bandidos que chegam aterrorizando cidades  com armas de guerra , deixando a polícia imobilizada e ao mesmo tempo sem ação para não causar tragédias piores.

É com essa filosofia que bandidos de roubo a bancos estão a algum tempo aterrorizando boa parte do Brasil, simplesmente porque a força policial diminuiu em grandes escalas e as leis se tornaram brandas e os "direitos humanos"  muitas vezes equivocados, que ora protegem bandidos deixando polícias sem ações e retraídos dentro de suas corporações. “Hoje matar um bandido em combate, perseguição ou investigação de delitos, você corre o risco de até perder o emprego e ser preso” , disse um policial que pediu anonimato.

A pura verdade empírica é o crescimento de delitos envolvendo menores e grandes quadrilhas de bandidos especializadas desde assalto a bancos, tráfico de drogas, roubo carros, latrocínios e corrupção do dinheiro público a exemplo do atual momento que vivenciamos no Brasil, enfim vivemos num país da impunidade e insegurança para as famílias brasileiras.

REFÉNS E O TERROR EM GURUPI

Na noite do dia 11 em Gurupi logo após as 22 horas “O Novo Cangaço” entrou em ação aterrorizando a cidade com alto poder de fogo, sequestrando reféns como escudo, ateando fogo em carros e explodindo caixa eletrônico e cofre bancário, chegando até mesmo a balear uma empresária que no momento estava trafegando por onde a quadrilha estava fugindo e foi confundida como uma barreira policial. Ela se encontra hospitalizada após ter realizado cirurgia no Hospital Regional de Gurupi e já está em estado estável e não corre mais perigo de vida.

“Vivemos momentos de medo e pensando que seríamos mortos, servimos de escudo enquanto eles atiravam e explodiam o banco”, disse um dos reféns, já outra pessoa que estava num recinto chamado “Bamboo Bar e Restaurante” onde a operação possivelmente começou a menos de 300 metros da agência do Banco do Brasil afirmou via mensagem de celular que: “ Eles entraram vestido de roupas que pareciam do exército com capuz, fiquei imobilizada devido ao meu nervosismo e fui para debaixo da mesa vendo eles passarem ao meu lado, pegaram pessoas como reféns e um gritou tira as mulheres das camionetas e deixa só os homens, e assim foi feito jogando as mulheres para baixo”. Disse a pessoa não identificada.

Ao chegar ao local do roubo todos os reféns tiraram a camisa e serviram de escudo para a polícia não atirar e os bandidos continuavam dando rajadas com suas poderosas armas em diversos pontos da cidade amedrontando e aterrorizando, tocando fogo em 3 veículos e uma moto.

" Se eles atirarem vocês são os primeiros que vão morrer", disse um bandido para um refém. Foi o momento que as Polícias Militar, Civil e PRF do Tocantins mostraram que são preparadas e estrategista, evitando desta forma uma trajédia sem prescedente.

EVITANDO A TRAJÉDIA MOSTRA PREPARO DAS FORÇAS DE SEGURANÇA DO TOCANTINS

Para evitar uma tragédia de grandes proporções a Polícia Militar , Polícia Civil e a PRF recuaram e começaram a trabalhar em estratégicas juntamente com os outros municípios vigiando e bloqueando as possíveis rotas de fugas , seja para as direções de Goiás, Mato Grosso, Pará, Bahia, Maranhão, Piauí ou até mesmo para regiões interioranas do Tocantins. Os reféns foram soltos logo em seguida em uma estrada vicinal chamada Baliza, depois do aeroporto de Gurupi .

Ao fugirem espalhavam por onde passavam pedaços de metais( miquelitos) para furar pneus de qualquer veículo que trafegassem para persegui-los.

EVITANDO UMA TRAJÉDIA COM MORTOS

Para preservar a vida dos envolvido e da comunidade, o comandante Glauber de Oliveira Santos, da Polícia Militar do Tocantins afirmou que as Polícias Militar e Civil esperaram os bandidos saírem de dentro da cidade.

“Optamos para os bandidos saírem de dentro da cidade e tudo estava tudo planejado, pois temos tudo monitorado e cadastrados todas as possíveis vias de rota dos bandidos. Tanto é que deparamos com eles na saída de Cariri e prendemos alguns veículos e parte de dinheiro. Não sabemos se o dinheiro recuperado foi todo montante roubado porque é o banco que saberá informar”, disse o comandante.

“Não houve confronto, mas teve apenas uma situação de quando eles viram a barreira eles abanaram o caminhão e os veículos que eles estavam escoltando o caminhão”, explicou.

De acordo com o comandante coronel Glauber de Oliveira Santo, recentemente, os policiais receberam 30 dias cursos para agir em ações de assaltante que atuam no estilo Novo Cangaço.( Atitude).

MUITO DINHEIRO NA MADRUGADA: MAIS DE 5 MILHÕES DE REAIS

Logo após a fuga dos bandidos começaram as operações de inteligência e busca das polícias entre os possíveis roteiros de fugas da quadrilha de assaltantes do “ Novo Cangaço”. A poucos quilômetros de Gurupi em uma estrada vicinal próximo a cidade de Cariri durante patrulhamento a PM localizou um caminhão baú, Mercedes Bens, cor vermelha, placa de Goiânia – GO, com explosivos e dinheiro, além de duas caminhonetes, sendo uma Amarok de cor cinza, com placa de Teresina – PI e uma Toyota Hilux de cor prata, com placa de Mossoró – RN, uma delas apreendida com explosivos e na outra os policiais localizaram também uma pistola e alguns projéteis de outras armas de fogo. Os criminosos utilizaram o extintor de incêndio do veículo na arma para dificultar a coleta de possíveis impressões digitais. Os veículos foram abandonados próximos à cidade de Cariri. " A Polícia Civil de Gurupi nunca tinha visto e nem conferido uma quantidade de dinheiro nesse valor".

A partir do conhecimento da ação, foram encaminhados reforços das equipes da Polícia Militar das cidades vizinhas, bem como da capital, as quais juntamente com o efetivo do 4º Batalhão da PM continuam fazendo buscas na região com o objetivo de localizar os criminosos. As equipes especializadas da PM, Batalhão de Choque (BPCHOQUE) e Companhia de Operações Especiais (CIOE) também reforçam a ação.( PM)

O Corpo de Bombeiros e Samu deram toda a assistência durante a operação , que apesar de todo essa guerra dos bandidos do "Novo Cangaço" apenas fez uma vítima e já está em estado de recuperação após cirurgia no Hospital Regional de Gurupi.

POLICIAS DO TOCANTINS E GOIÁS NA CAÇA COM 120 HOMENS

De acordo com o Diretor do Grupo de Operações Táticas Especiais (GOTE) de Palmas, Rildo Barreira Cargo, cerca de 120 homens das Polícias Civil e Militar dos Estados do Tocantins e Goiás estão fazendo cerco para prender os assaltantes que arrombaram o cofre da agência do Bando do Brasil da Rua 05 em Gurupi.

“Já começamos a monitorar alguns indivíduos e junto com a Polícia Militar estamos no encalço deles e acredito que em breve teremos sucesso”, disse Rildon.

O helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAER) encontra-se em manutenção e um helicóptero da Polícia Militar de Goiás está na região fazendo buscas aéreas.( Atitude).

A POLÍCIA PREPARADA PARA BUSCA

Para os especialistas os bandidos do formato “ Novo Cangaço” pretendiam fugir com todo o dinheiro no caminhão baú que foi encontrado e perseguido na estrada vicinal, sendo que seus ocupantes e os das camionetas saíram e fugiram para o matagal onde a polícia aperta o cerco.

Há outras possibilidades do grupo ter se dividido e fugido para outras regiões. Segundo a polícia mais de 5 milhões e dinamites todas prontas para detonar até 10 prédios de agências bancárias foram encontradas no caminhão baú. Somente a agência bancária saberá o total roubado, mesmo assim costumam não divulgar.

De acordo com Rildo Barreira Cargo( GOTE) durante um cerco próximo a cidade de Cariri membro da quadrilha abandonara um caminhão Placa KBK-8915 de Goiânia (GO) com grande quantidade de dinheiro e uma camionete Volkswagen Amarok Placa OEG-0758 de Terezina (PI). Segundo o diretor do GOTE os veículos incendiados nas proximidades do banco não eram da quadrilha, mas de pessoas que passavam no local no momento da ação dos assaltantes.

“Encontramos 70 quilos de explosivo que estavam espoletados e prontos para utilizar em outras ações e daria para derrubar 10 agências bancárias. Pelo que nós pudemos contabilizar foi em torno de 20 pessoas participaram do assalto”, disse.(Atitude).

zzzzbbgurupi 10Policiais descarregando dinheiro em carrinho de mão do caminhão baú apreendido pelas Polícia Civil e Militar.

zzzz08bb gurupi Três carros e uma moto incendiada.Fotos: Web, Silas,Jorineu,Agnaldo.

zzzzbbgurupiTrês carros e uma moto incendiada.Fotos: Web, Silas,Agnaldo,Jorineu.

zzzzbbgurupi01Mais de 5 milhões de reais dentro do caminhão baú.Fotos: Web, Silas,Jorineu.

 

zzzzbb gurupi 1370 quilos de dinamite com detonador pronto para uso. " Dava para estourar 10 prédios de agências bancárias".Fotos: Web, Silas,Jorineu.

zzzzbb guurpi 09Mulhere em estado de choque sendo entrevistada após o roubo do Banco do Brasil em Gurupi.Fotos: Web, Silas,Jorineu.

zzzzgurupi03Veículo sendo queimado em frente a agência do Banco do Brasil de Gurupi durante o roubo com mais de uma hora de tiroteios intensivos em várias partes da cidade.

zzzzgurupi05O bando " Novo Cangaço" usa armas poderosas. Cartuchos detonados pelos bandidos que amendrontou Gurupi.

zzzzgurupi 04Pedaços de metais pontiagudos denominados de "Miquelitos" que os bandidos soltam pelas ruas quando estão em fuga para furar pneus de possíveis veículos que lhe perseguirem.


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

durax 240x72

OUTUBRO 6

ferpam 240x82

ENERGISA BANNER SETEMBRO

pub diario folha da cidade 270 340

PROMOVA SEU NEGÓCIO

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.