CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

17629637 1434514893254866 2586945717799461997 nEm casa, após receber alta depois de cerca de 20 dias hospitalizada, ela continuou em tratamento e, mesmo em licença, manteve-se sempre próxima da UFT e atenta aos assuntos da Universidade. Durante cerca de 70 dias de afastamento chegou a participar de alguns compromissos na Instituição até retornar oficialmente ao trabalho, há 15 dias, no dia 17 de abril.Foto: Divulgação UFT.

Por: Bianca Zanella 

Velório será realizado no Cuica; Universidade terá luto oficial de três dias.

A reitora e professora da Universidade Federal do Tocantins, Isabel Auler, morreu nesta segunda-feira, 1° de maio, aos 65 anos de idade. Ela estava hospitalizada em Palmas em decorrência de complicações de saúde que vinha tratando desde o começo do ano.

Em janeiro deste ano ela havia sido internada após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC) durante uma viagem de férias em Buenos Aires, na Argentina, mas havia se recuperado e chegou a voltar ao trabalho no último dia 17 de abril, após um afastamento de cerca de 70 dias.

Despedida

O velório da reitora Isabel Auler será realizado no auditório do Centro Universitário Integrado de Ciência, Cultura e Arte (Cuica), localizado no Câmpus de Palmas da UFT (Quadra 109 Norte, Avenida NS-15, ALCNO-14, Plano Diretor Norte). A cerimônia deve ter início às 23h desta segunda-feira (1°).

O vice-reitor, Luís Eduardo Bovolato, vai decretar luto oficial de três dias na Universidade. No Câmpus de Palmas, as atividades acadêmicas e administrativas serão suspensas nesta terça (2), mas devem ocorrer normalmente nos demais câmpus da Instituição.

Entenda o caso

Isabel passava por um processo de recuperação de saúde. Em 26 de janeiro deste ano ela sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) durante uma viagem de férias e passou 11 dias internada em Buenos Aires, Argentina, antes de ser transferida de volta a Palmas.

Em casa, após receber alta depois de cerca de 20 dias hospitalizada, ela continuou em tratamento e, mesmo em licença, manteve-se sempre próxima da UFT e atenta aos assuntos da Universidade. Durante cerca de 70 dias de afastamento chegou a participar de alguns compromissos na Instituição até retornar oficialmente ao trabalho, há 15 dias, no dia 17 de abril.

Após o feriado de Tiradentes, contudo, ela passou mal e voltou a ser hospitalizada em estado grave, acabando por vir a óbito na tarde desta segunda-feira (1°).

Perfil

isabel3Após o feriado de Tiradentes, contudo, ela passou mal e voltou a ser hospitalizada em estado grave, acabando por vir a óbito na tarde desta segunda-feira (1°).Foto: Divulgação UFT.

Natural de Jaú/SP, Isabel era formada em Letras, doutora em Educação, mestre em Literatura Brasileira e especialista em Avaliação Institucional e Ensino de Língua Portuguesa. Integrava os quadros docentes do Curso de Graduação em Pedagogia do Câmpus de Palmas, do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFT e do Programa de Mestrado Profissional em Letras (ProfLetras).

Era servidora da UFT desde a implantação da Universidade, em 2003, quando ingressou como professora. Assumiu o cargo de reitora em julho de 2016, após receber, com o vice-reitor, Luís Eduardo Bovolato, 63% dos votos da comunidade universitária na consulta eleitoral em que concorreu pela chapa "Confiança e Participação".

Em sua trajetória, foi vice-reitora na gestão de Márcio Silveira, entre 2012 e 2016, pró-reitora de Graduação no período de 2007 a 2012, e diretora de Ensino entre 2005 e 2007, nas gestões consecutivas do reitor Alan Barbiero.

Era membro dos conselhos de Educação do município de Palmas e do estado do Tocantins. Foi presidente nacional do Fórum de Pró-Reitores de Graduação (Forgrad) na gestão 2010/2011, e em 2016 assumiu a presidência do Fórum de Reitores das Instituições Federais de Ensino Superior da Região Norte.

A reitora e professora da Universidade Federal do Tocantins, Isabel Auler, morreu nesta segunda-feira, 1° de maio. Ela estava hospitalizada em Palmas em decorrência de complicações de saúde. Em janeiro deste ano ela havia sido internada após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC) durante uma viagem de férias em Buenos Aires, na Argentina, mas havia se recuperado e chegou a voltar ao trabalho no último dia 17 de abril, após um afastamento de cerca de 70 dias. Segundo informações o velório começará apartir da 21 horas  no CUICCA-UFT no Campus de Palmas.

 


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

Web Banner 230x230px Energisa Dom Orione 2018 3

Banners Sites 240x240

ferpam 240x82

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.