CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

colina 5 fev

Policiais Civis da 7ª Delegacia Regional de Colinas do Tocantins prenderam, no dia 4 de fevereiro, naquele município, Willian Lira Silveira, de 25 anos de idade. Ele é suspeito de integrar uma quadrilha especializada em praticar assaltos a residências, que agia em Palmas e no interior do Estado e foi capturado, mediante o cumprimento de um mandado de prisão preventiva, quando se encontrava em sua residência, em Colinas.

Conforme apontaram as investigações da Polícia Civil, Willian, juntamente com mais dois adolescentes infratores de 17 anos e um outro suspeito, de 21 anos, os quais já se encontram à disposição do Poder Judiciário, são suspeitos pela prática de diversos assaltos a residências nas cidades de Palmas, Lajeado, Presidente Kennedy e Colinas.

Segundo informações do delegado titular de Colmeia, Hélio Assis, as investigações que resultaram na prisão de Willian foram iniciadas no dia 02 de fevereiro de 2016, quando três integrantes do grupo foram presos pela polícia militar, na cidade de Couto Magalhães, na madrugada do mesmo dia e apresentados na Delegacia de Polícia Civil daquele município.

A partir daí, os trabalhos investigativos foram reforçados com informações repassadas pelas Delegacias da Capital e de Colinas com o objetivo de desarticular a quadrilha.

Com o grupo foram recuperados três veículos, duas motocicletas roubadas de uma residência em Palmas, onde o bando fez a família refém, e um automóvel, subtraído na cidade de Lajeado, enquanto os suspeitos empreendiam fuga rumo ao Estado do Pará, onde os veículos seriam vendidos.

Em Palmas, foram recuperadas duas TVs e um notebook, roubados pelo grupo. Já na cidade de Colinas, foram recuperadas diversas peças de roupas furtadas de uma loja em Presidente Kennedy e uma Televisão.

Segundo informações repassadas pelo delegado Hélio Assis, o grupo invadia as residências e, portando armas de fogo e utilizando-se de extrema violência, rendia e amarrava todos os presentes e, em seguida, subtraia veículos, dinheiro, utensílios eletrônicos e joias.

A Polícia Civil de Colméia representou pela prisão preventiva dos acusados no dia 02/02/216, obtendo parecer favorável do Ministério Público, sendo as prisões decretadas pelo poder judiciário no dia seguinte. Todos os envolvidos estão presos à disposição da justiça e os objetos já estão sendo restituídos aos legítimos proprietários.

Ainda segundo os policiais civis de Colinas, durante o cumprimento do mandado de prisão de Willian, foram encontrados na residência, que o mesmo utilizava como “boca de fumo”, uma grande quantidade de joias, que serão periciadas, pois existe a suspeita que sejam produto de origem criminosa, além de várias porções de maconha. Willian foi conduzido à delegacia e, após os procedimentos cabíveis, foi recolhido à carceragem da Cadeia Pública local, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Rogério de Oliveira/Governo do Tocantins


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

300x250 1

Banners Sites 240x240

ferpam 240x82

ENERGISA BANNER SETEMBRO

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

PROMOVA SEU NEGÓCIO

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.