CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

Foto Luciano Ribeiro 

AGROYINS PECUARIA

Temas como confinamento, melhoramento genético, pecuária de corte estão entre os assuntos que estão sendo discutidos no Pavilhão da Pecuária, da 15ª Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins Brasil 2015). A feira teve início na última terça-feira, 5, e prossegue até sábado, 9, no Centro Agrotecnológico de Palmas, saída para Porto Nacional, das 9 às 18 horas.

De acordo com a gerente de Políticas para Pecuária da Secretaria de Desenvolvimento Agricultura e Pecuária (Seagro), Érika Jardim, além das mostras de ovinos, caprinos, muares, equinos, bovinos de corte e de leite, também estão sendo oferecidos cursos e palestras para promover a pecuária tocantinense. “Estamos oferecendo aos produtores palestras sobre melhoramento genético, como obter lucro com a pecuária, além de minicursos, como escrituração zootécnica”, enumerou.

Erika Jardim explicou que o objetivo é disponibilizar durante todo o ano no Centro Agrotecnológico o curso de inseminação artificial. “Já estamos discutindo com nossos parceiros a ideia, e o desejo é que as capacitações aconteçam uma vez por mês”, explicou a gerente.

Expositor

Para o expositor de Abreulândia, Edielson da Silva, a feira sempre gera bons negócios. “Este já é o 6º ano que participo da Agrotins, já tenho clientes cativos, fecho negócios praticamente todos os dias da feira. É muito bom participar da Agrotins”, elogiou.

Todos os expositores tem à disposição um posto médico veterinário, caso algum animal necessite. O serviço é disponibilizado pela Seagro sem custos para os expositores, que também contam com assessoria técnica disponibilizada também pela secretaria.

Apicultura

Para mostrar aos apicultores tocantinenses e também para os visitantes sobre os variados produtos que podem ser obtidos por meio da apicultura, a empresa Podapys, a maior exportadora de mel do país, foi convidada a expor seus produtos. Quem visitar o pavilhão poderá adquirir desde balas, a cremes de rejuvenescimento feitos a partir do veneno das abelhas.

Para facilitar ao pequeno produtor o acesso aos financiamentos, duas instituições financeiras estão presentes no pavilhão com estandes de atendimento oferecendo linhas específicas para os criadores de animais: o Banco do Brasil e a Caixa econômica Federal.

Bovinos

O rebanho bovino tocantinense é de aproximadamente oito milhões e 200 mil cabeças e ocupa a 11ª posição no ranking nacional do rebanho. A carne e seus produtos e subprodutos são exportadas para mais de 130 países. Os principais blocos econômicos de destino da carne tocantinense é a Associação Latino Americana de Integração – Aladi, África, Oriente Médio, Ásia, e a União Europeia, que tem demonstrado um interesse maior pela carne bovina do Estado.

Ovinos

Outro setor que setor que se destaca é a criação de ovinos, cuja produção, de 2011 para 2014, passou de 125.990 para 131.347, um aumento de pouco mais de 4%, segundo levantamento realizado pelo Governo do Estado, por meio da Adapec, em maio de 2014.

Realização

A feira é promovida pelo Governo do Estado do Tocantins, por meio da Seagro e vinculadas, Agência da Defesa Agropecuária (Adapec), Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), Instituto de Terras do Tocantins (Itertins) e apoio de instituições financeiras e entidades de classe ligadas ao setor produtivo.

Jakelyne Monteiro

 


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

Mídias Sites 240x240

ferpam 240x82

diario do tocantins OBRAS PELA CIDADE 240x570 1

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.