CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

A Conferência conta com a participação de deputados estaduais de todos os estados brasileiros 

24114623156adb4c66971b17658e23c4Depois de um dia de reuniões de associações funcionais vinculadas às assembleias do Brasil, a 22ª Conferência da União dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale) que ocorreu dia 9 de maio, em Gramado, Rio Grande do Sul. A presidente da Assembleia do Tocantins, deputada Luana Ribeiro (PSDB), compôs a mesa de honra e representou, na ocasião, o Colégio de Presidentes das Assembleias do Brasil.Foto: Benhur de Sousa

A defesa da classe política e de reformas estruturantes frente à crise foi o tom dos discursos no evento. Para o prefeito de Gramado, José Alfredo Bertolucci (PDT), a Unale é uma entidade importante e o documento que resultar da Conferência será um instrumento de materialização de ações políticas concretas.

Já o governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori (MDB), citou como exemplo o projeto de consulta popular que submeteu à apreciação da Assembleia gaúcha quanto a privatização da estatal de energia. De acordo com Sartori, desta forma, os gaúchos serão chamados a decidir sobre o modelo de estado que desejam.

A Conferência conta com a participação de deputados estaduais de todos os estados brasileiros e de países convidados como Argentina, Chile, China, Espanha, Paraguai, Uruguai e Venezuela. As delegações vão acompanhar dois dias de debates sobre “Os Desafios para o Novo Brasil” com especialistas e presidenciáveis à Presidência da República.

 

 

Depois de um dia de reuniões de associações funcionais vinculadas às assembleias do Brasil, a 22ª Conferência da União dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale) foi oficialmente aberta na noite desta quarta-feira, 9, em Gramado, Rio Grande do Sul. A presidente da Assembleia do Tocantins, deputada Luana Ribeiro (PSDB), compôs a mesa de honra e representou, na ocasião, o Colégio de Presidentes das Assembleias do Brasil.

A defesa da classe política e de reformas estruturantes frente à crise foi o tom dos discursos no evento. Para o prefeito de Gramado, José Alfredo Bertolucci (PDT), a Unale é uma entidade importante e o documento que resultar da Conferência será um instrumento de materialização de ações políticas concretas.

Já o governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori (MDB), citou como exemplo o projeto de consulta popular que submeteu à apreciação da Assembleia gaúcha quanto a privatização da estatal de energia. De acordo com Sartori, desta forma, os gaúchos serão chamados a decidir sobre o modelo de estado que desejam.

A Conferência conta com a participação de deputados estaduais de todos os estados brasileiros e de países convidados como Argentina, Chile, China, Espanha, Paraguai, Uruguai e Venezuela. As delegações vão acompanhar dois dias de debates sobre “Os Desafios para o Novo Brasil” com especialistas e presidenciáveis à Presidência da República.


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

Mídias Sites 240x240

ferpam 240x82

diario do tocantins OBRAS PELA CIDADE 240x570 1

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.