CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

out. rosaA promoção de ações de combate e prevenção aos variados tipos de câncer femininos foi discutida na tarde da quinta-feira, 28, entre a equipe da Superintendência de Vigilância, Promoção e Proteção à Saúde, Hospital Geral de Palmas (HGP) e a Liga Feminina de Prevenção e Combate ao Câncer.

Aldenes Lima/Governo do Tocantins

O encontro aconteceu no anexo I da Secretaria de Estado da Saúde e segundo a diretora de Vigilância Epidemiológica das Doenças Transmissíveis e Não Transmissíveis (Dant), Adriana Cavalcante, é resultado de uma determinação do titular da pasta, Marcos Musafir, que atendeu a um pedido da Liga. “O secretário nos solicitou que verificássemos o que as áreas afins da Secretaria podem fazer para colaborar com o trabalho que a Liga desenvolve. Ontem nos reunimos com a Dant que trabalha também doenças crônicas, dentre elas o câncer, a área da saúde da mulher, área do câncer e o HGP, e pontuamos o que pode ser feito”, afirmou.

A diretora destacou que dentre as ações, a Vigilância pode colaborar com a vacinação da HPV, que faz parte do trabalho de prevenção, buscando ampliar a cobertura vacinal em todo o Estado e com a qualificação dos profissionais voluntários, com palestras educativas.

A presidente da Liga, Xênia Pollyana de Amorim Galvão, se disse feliz com o resultado da reunião. “Somos uma entidade de prevenção e combate ao câncer e temos duas missões. A primeira é prestar assistência a qualquer paciente que esteja em tratamento de câncer independente de sexo ou idade e a segunda é promover ações de prevenção ao câncer de mama. A reunião foi justamente para podermos fazer uma exposição do que é a Liga, às várias áreas da Secretaria e mostrar as necessidades que temos e buscar apoio para o que a pasta pode nos ajudar. Saímos da reunião com vários encaminhamentos que podem nos ajudar em nosso trabalho”, destacou.

Além das ações de vigilância, a direção do HGP se dispôs a organizar um fluxo para realização de exames de ultrassonografia e mamografia na unidade a pacientes do interior do Estado. “A Liga vai nos fornecer uma previsão de demanda e encaminharemos à área técnica da Secretaria para pactuarmos e oferecer este serviço dentro das nossas possibilidades. Também estamos à disposição para capacitações, palestras e campanhas”, pontuou a diretora adjunta do hospital, Renata Duran.

Ainda ficou acordado, que a área da saúde da mulher, da Secretaria vai ajudar a Liga, nas ações de prevenção, montagem do Outubro Rosa e auxiliar na divulgação da campanha nos 139 municípios do Estado.

Acompanhamento psicológico

Nossa reportagem procurou outros segmentos profissionais que elogiaram o trabalho desenvolvido pelaLiga Feminina de Prevenção e Combate ao Câncer no Tocantins enfocando serviços psicológicos para evitar transtornos depressivos aos pacientes que enfentam o câncer.

 

 

 


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

durax 240x72

assembrleia 240

ferpam 240x82

ENERGISA BANNER SETEMBRO

pub diario folha da cidade 270 340

PROMOVA SEU NEGÓCIO

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.