CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

Foto Silvio SantosProposta pelo deputado Paulo Mourão (PT), a comissão pretende apresentar um novo projeto de desenvolvimento do Estado aos parlamentares a fim de subsidiar a Assembleia na elaboração da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e Lei Orçamentária Anual (LOA) para os próximos anos.Foto Silvio Santos

Está nascendo um novo projeto para o Tocantins. Começou nesta
segunda-feira, 12, no campus de Palmas da Universidade Federal do
Tocantins (UFT) a primeira das reuniões da Comissão Especial de Estudo
para o Novo Ordenamento Econômico, Administrativo, Social e Político do
Estado (Cenovo).

Proposta pelo deputado Paulo Mourão (PT), a comissão pretende apresentar
um novo projeto de desenvolvimento do Estado aos parlamentares a fim de
subsidiar a Assembleia na elaboração da Lei de Diretrizes Orçamentárias
(LDO) e Lei Orçamentária Anual (LOA) para os próximos anos.

No discurso de abertura, Mourão explicou que sem a integração entre
grandes obras, como a Ferrovia Norte-Sul e as usinas hidrelétricas, e a
economia local, apenas grandes empresas serão beneficiadas. Ainda
segundo Mourão, essa integração é possível com novos modais e hidrovias.

Já para o presidente da Assembleia, deputado Mauro Carlesse (PHS),
“vivemos uma situação complicada: o empresário não tem incentivo fiscal
para investir e o Estado não tem credibilidade, e tudo isso gera
desemprego”, resumiu, mas sem perder a esperança. “A melhoria do Estado
depende de nós”, concluiu.

O deputado Alan Barbiero (PSB) ressaltou três coisas importantes para
mudar o quadro: projeto, pessoas engajadas e divisão de
responsabilidades. “A política do varejo não vai nos levar a nada. Nós
precisamos discutir projetos estruturantes para deixar um legado para a
sociedade. Um projeto que possa ser acolhido por qualquer candidato”,
disse.

Depois da abertura, os participantes se dividiram em cinco grupos de
temáticos que vão de políticas ambientais à saúde pública. Participam
das discussões especialistas e líderes acadêmicos, empresarias e
sindicais.

Estão representados no evento os bancos da Amazônia e do Brasil, a UFT,
Instituto Federal do Tocantins, Centro Universitário de Palmas (Ceulp)
da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra), Defensoria Pública,
Secretaria de Estado do Planejamento, Sindicato dos Trabalhadores do
Estado do Tocantins (Sintet) e dos auditores da Receita Estadual
(Sindare), do Conselho Regional de Contabilidade, entre outras
entidades. (Glauber Barros)

RONOGRAMA DAS REUNIÕES REGIONALIZADAS

CIDADE

DATA/DIA

HORÁRIO

LOCAL

GURUPI - UNIRG

22/JUN

QUINTA FEIRA

14 ÀS 19 HORAS

SEDE DO CAMPUS I

PORTO NACIONAL - UFT

23/JUN

SEXTA FEIRA

14 ÀS 19 HORAS

AUDITÓRIO

ARAGUAÍNA - UFT

29/JUN

QUINTA FEIRA

8 ÀS 13 HORAS

AUDITÓRIO

AUGUSTINOPOLIS - UNITINS

30/JUN

SEXTA FEIRA

8 ÀS 13 HORAS

AUDITÓRIO


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

durax 240x72

assembrleia 240

ferpam 240x82

ENERGISA BANNER SETEMBRO

pub diario folha da cidade 270 340

PROMOVA SEU NEGÓCIO

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.