CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

Foto Silvio SantosProposta pelo deputado Paulo Mourão (PT), a comissão pretende apresentar um novo projeto de desenvolvimento do Estado aos parlamentares a fim de subsidiar a Assembleia na elaboração da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e Lei Orçamentária Anual (LOA) para os próximos anos.Foto Silvio Santos

Está nascendo um novo projeto para o Tocantins. Começou nesta
segunda-feira, 12, no campus de Palmas da Universidade Federal do
Tocantins (UFT) a primeira das reuniões da Comissão Especial de Estudo
para o Novo Ordenamento Econômico, Administrativo, Social e Político do
Estado (Cenovo).

Proposta pelo deputado Paulo Mourão (PT), a comissão pretende apresentar
um novo projeto de desenvolvimento do Estado aos parlamentares a fim de
subsidiar a Assembleia na elaboração da Lei de Diretrizes Orçamentárias
(LDO) e Lei Orçamentária Anual (LOA) para os próximos anos.

No discurso de abertura, Mourão explicou que sem a integração entre
grandes obras, como a Ferrovia Norte-Sul e as usinas hidrelétricas, e a
economia local, apenas grandes empresas serão beneficiadas. Ainda
segundo Mourão, essa integração é possível com novos modais e hidrovias.

Já para o presidente da Assembleia, deputado Mauro Carlesse (PHS),
“vivemos uma situação complicada: o empresário não tem incentivo fiscal
para investir e o Estado não tem credibilidade, e tudo isso gera
desemprego”, resumiu, mas sem perder a esperança. “A melhoria do Estado
depende de nós”, concluiu.

O deputado Alan Barbiero (PSB) ressaltou três coisas importantes para
mudar o quadro: projeto, pessoas engajadas e divisão de
responsabilidades. “A política do varejo não vai nos levar a nada. Nós
precisamos discutir projetos estruturantes para deixar um legado para a
sociedade. Um projeto que possa ser acolhido por qualquer candidato”,
disse.

Depois da abertura, os participantes se dividiram em cinco grupos de
temáticos que vão de políticas ambientais à saúde pública. Participam
das discussões especialistas e líderes acadêmicos, empresarias e
sindicais.

Estão representados no evento os bancos da Amazônia e do Brasil, a UFT,
Instituto Federal do Tocantins, Centro Universitário de Palmas (Ceulp)
da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra), Defensoria Pública,
Secretaria de Estado do Planejamento, Sindicato dos Trabalhadores do
Estado do Tocantins (Sintet) e dos auditores da Receita Estadual
(Sindare), do Conselho Regional de Contabilidade, entre outras
entidades. (Glauber Barros)

RONOGRAMA DAS REUNIÕES REGIONALIZADAS

CIDADE

DATA/DIA

HORÁRIO

LOCAL

GURUPI - UNIRG

22/JUN

QUINTA FEIRA

14 ÀS 19 HORAS

SEDE DO CAMPUS I

PORTO NACIONAL - UFT

23/JUN

SEXTA FEIRA

14 ÀS 19 HORAS

AUDITÓRIO

ARAGUAÍNA - UFT

29/JUN

QUINTA FEIRA

8 ÀS 13 HORAS

AUDITÓRIO

AUGUSTINOPOLIS - UNITINS

30/JUN

SEXTA FEIRA

8 ÀS 13 HORAS

AUDITÓRIO


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

durax 240x72

OUTUBRO 6

ferpam 240x82

ENERGISA BANNER SETEMBRO

pub diario folha da cidade 270 340

PROMOVA SEU NEGÓCIO

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.