CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

À espera da definição do TSE sobre as regras para eleição extra, prefeito e pré-candidato a governador em outubro diz que Gurupi e região foram esquecidos pelo governo do Estado.

IMG 20180324 WA0021"Por que dá minha obsessão? Gurupi era a cidade mais progressista do então nortão do Goiás. E nesses 30 anos esqueceram de Gurupi e da região sul do Tocantins. É a cidade do ‘já teve’. Houve falta de compromisso de políticas públicas, de compromisso e responsabilidade com o Estado e com uma região dessas!", afirmou Amastha durante ato de posse do defensor público Kita Maciel na comissão municipal do PSB. "Sonhamos com um vice que seja alguém desta cidade e desta região. Que fique o dia todo cobrando o governador sobre as políticas públicas para a classe produtora, para a indústria", ressaltou.

Apesar de aguardar, com cautela, a definição do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre as regras da eleição tampão que ocorrerá no Tocantins este ano, o prefeito de Palmas, Carlos Amastha, se colocou à disposição para a disputa do pleito, que ocorrerá após a cassação do mandato de Marcelo Miranda e de sua vice, Cláudia Lélis, por crime de "caixa dois" na eleição de 2014.

Em Gurupi, neste sábado, dia 24, Amastha, que é pré-candidato ao governo do Estado na eleição de outubro, anunciou também que admite a possibilidade de ter o como vice um representante da região sul do Tocantins.

"Por que dá minha obsessão? Gurupi era a cidade mais progressista do então nortão do Goiás. E nesses 30 anos esqueceram de Gurupi e da região sul do Tocantins. É a cidade do ‘já teve’. Houve falta de compromisso de políticas públicas, de compromisso e responsabilidade com o Estado e com uma região dessas!", afirmou Amastha durante ato de posse do defensor público Kita Maciel na comissão municipal do PSB. "Sonhamos com um vice que seja alguém desta cidade e desta região. Que fique o dia todo cobrando o governador sobre as políticas públicas para a classe produtora, para a indústria", ressaltou.

"No caso do governo atual não foi só Gurupi que foi abandonado. O Estado todo. O Marcelo Miranda foi o mais democrático dos governadores. Ele abandonou todo o Estado. Palmas foi abandonada, não tem uma parceria. Tem contas atrasadas da saúde e de todos os setores. Me digam um projeto de desenvolvimento do Estado?", questionou Amastha, indignado.

Ele também criticou a articulação do grupo do governador cassado visando as eleições de outubro deste ano."Tem um movimento já para colocar a mulher do governador cassado como governadora! Um absurdo isso. Ele foi cassado por tamanho absurdo e não aprenderam... Chega disso, chega desse sofrimento. Precisamos acabar com isso. Este é o ano da virada do Estado", disse.

O projeto Tocantins

Em seu discurso, Amastha defendeu projeto por mudança de paradigma da política do Estado e "arrumar a bagunça que a velha política causou". "Nosso projeto é por uma mudança de paradigma da política tocantinense. Estamos aqui é pela vontade de fazer, pois sabemos fazer", disse.

Amastha destacou no evento realizações de sua gestão. "Tenho moral para dizer porque temos o que mostrar. Um exemplo: enquanto o hospital de Gurupi está desse jeito, inacabado (estive aqui no lançamento da obra) em Palmas fazemos a melhor saúde disparada do país."


Presente no evento, a vice-prefeita de Palmas, Cínthia Ribeiro, disse acreditar que, com Amastha, o Tocantins retomará o crescimento. "Este é o pior momento da história do Tocantins, que já teve muitos problemas, instabilidades. O povo do Estado é forte e acredita na esperança. Vamos fazer retornar a confiança do povo do Tocantins. Temos que pensar numa união suprapartidária. Falta ao Tocantins comando, vontade e capacidade de fazer. Nesses cinco anos acompanhei a sua capacidade de comandar", disse Cinthia a Amastha. "Quero que os moradores de todos os outros 138 municípios do Tocantins tenham o orgulho que os palmenses têm. Orgulho de ver uma gestão eficiente, orgulho de poder dizer que mora numa cidade organizada."

O PSB em Gurupi

Cerca de 600 pessoas prestigiaram o evento de posse da comissão do PSB em Gurupi, que tem como presidente Kita Maciel. Representantes de várias correntes políticas do Estado participaram, bem como políticos e lideranças de diversas cidades da região. A vice-prefeita de Gurupi, Dolores Nunes, mãe da deputada federal Josi Nunes, foi uma dessas lideranças a comparecer no evento, inclusive subiu ao palco chamada por Amastha, que elogiou seu trabalho e da parlamentar.

"Um dia acordei com vontade de mudar de rumos. Decidi sair do PMDB. Agora vamos caminhar juntos no PSB. É uma nova história, é um novo destino para Gurupi e para o Estado. Amastha é uma esperança de uma nova história para o Estado do Tocantins. Política é coisa séria, é para gente séria", disse Kita Maciel. "Temos o poder da transformação. Quem usa política para negociar, que faz o mal, é punido. Os gestores administram os recursos que não são deles, são do povo, são de todos nós. É preciso honestidade. Queremos um governo do diálogo, que governe para todos", complementou.

Falando em nome do partido, Tiago Andrino, vereador de Palmas e pré-candidato a deputado federal, destacou a importância de Kita Maciel para o PSB: "Há aqui o sentimento de união por um projeto maior, que é o Tocantins. Kita é um defensor público humanista, que faz com amor o trabalho de defender as pessoas que ele assiste".

O presidente da Câmara de Gurupi, vereador Valdonio Rodrigues, do PSB, que abriu os discursos, parabenizou o grupo e deu boas vindas a Kita Maciel. Ele reafirmou apoio ao projeto do partido. "Temos que contribuir com o desenvolvimento do Estado. Amastha tem muita coragem de assumir esse desafio. Mas, é válido. Está faltando no Estado do Tocantins honestidade para gerir esse Estado."


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

300x250 1

Banners Sites 240x240

ferpam 240x82

ENERGISA BANNER SETEMBRO

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

PROMOVA SEU NEGÓCIO

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.