CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

Boi vivoO mês chegou à sua metade e o mercado bovino segue estagnado em várias praças e regiões brasileiras. Até agora, nenhum sinal de melhora é apontado por consultores do ramo agropecuário para o setor bovino.
O mês chegou à sua metade e o mercado bovino segue estagnado em várias praças e regiões brasileiras. Até agora, nenhum sinal de melhora é apontado por consultores do ramo agropecuário para o setor bovino.

Segundo Sidnei Maschio, do Terraviva DBO na TV, ao analisar os números divulgados pela Scot Consultoria, o cenário apresentado pelo mercado pecuário, mesmo com o calendário ainda no tempo de influência do pagamento do salário ao trabalhador/empregado, é de baixo movimento no balcão do açougue enquanto a oferta de gado terminado continua aumentando.

Em sua análise, Mashio explicou que o preço da carne com osso voltou a cair no atacado com o boi casado de animais castrados voltando para R$ 8,22 o quilo e a arroba continua em quedas.

Ele afirma que o balanço de quinta, 13, da Scot Consultoria registrou mudanças nas cotações em 21 das 32 regiões pesquisadas, com 16 quedas e somente 5 altas.

No Tocantins, a arroba do boi e da vaca gorda permaneceram estável nesta sexta-feira, 14. Na região sul do estado, a arroba do boi fechou a R$ 118,00 e a vaca a R$ 108,00 à vista. No norte, a arroba do boi foi de R$ 118,00 e a vaca de R$ 108,00 à prazo.

Por George Henrique
Ascom/Sindicarnes


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

ferpam 240x82

ENERGISA BANNER SETEMBRO

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

PROMOVA SEU NEGÓCIO

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.