unimed palmas 221x100

Z NOVO3

Boi vivoO mês chegou à sua metade e o mercado bovino segue estagnado em várias praças e regiões brasileiras. Até agora, nenhum sinal de melhora é apontado por consultores do ramo agropecuário para o setor bovino.
O mês chegou à sua metade e o mercado bovino segue estagnado em várias praças e regiões brasileiras. Até agora, nenhum sinal de melhora é apontado por consultores do ramo agropecuário para o setor bovino.

Segundo Sidnei Maschio, do Terraviva DBO na TV, ao analisar os números divulgados pela Scot Consultoria, o cenário apresentado pelo mercado pecuário, mesmo com o calendário ainda no tempo de influência do pagamento do salário ao trabalhador/empregado, é de baixo movimento no balcão do açougue enquanto a oferta de gado terminado continua aumentando.

Em sua análise, Mashio explicou que o preço da carne com osso voltou a cair no atacado com o boi casado de animais castrados voltando para R$ 8,22 o quilo e a arroba continua em quedas.

Ele afirma que o balanço de quinta, 13, da Scot Consultoria registrou mudanças nas cotações em 21 das 32 regiões pesquisadas, com 16 quedas e somente 5 altas.

No Tocantins, a arroba do boi e da vaca gorda permaneceram estável nesta sexta-feira, 14. Na região sul do estado, a arroba do boi fechou a R$ 118,00 e a vaca a R$ 108,00 à vista. No norte, a arroba do boi foi de R$ 118,00 e a vaca de R$ 108,00 à prazo.

Por George Henrique
Ascom/Sindicarnes


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

durax 240x72

ferpam 240x82

banner energisa se 190x300

pub diario folha da cidade 270 340

z henrique veras

PROMOVA SEU NEGÓCIO

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.