CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

REUNIÃO

Durante a tarde do dia 01, representantes dos setores industrial e comercial estiverem presentes em reunião na Assembleia Legislativa (AL-TO). A reunião abordou a preocupação dos empresários do Tocantins sobre o aumento dos impostos, proposta pelo Governo do Estado.

Para o presidente da Associação Comercial e Industrial de Palmas (Acipa), Fabiano do Vale, existem formas mais plausíveis para controlar a situação. “Conseguimos entender que o Governo tem que tomar medidas, cortar custos e despesas, mas, acreditamos que existem outras maneiras possíveis sem o aumento dos impostos. O Governo tem que tentar se ajustar dentro das suas condições, que é o que as empresas e cidadãos fazem, para que as coisas aconteçam. Cobrar mais impostos se torna inviável”, ressaltou o presidente.

Segundo o presidente da Câmara de Dirigentes Lojista de Palmas (CDL Palmas), a união das entidades, as discussões e reuniões com os deputados são essenciais para encontrar a melhor solução possível para ambas as partes. “Nós agradecemos o espaço, o tempo e a abertura dos deputados presentes na reunião. Solicitamos a todos que se fizeram presentes maior cautela e atenção em todos os itens que se referem ao aumento de carga tributária. A população não pode ser mais penalizada, precisamos reverter essa situação”, destacou.

A presidente da Associação Tocantinense de Supermercados (Atos), Maria de Fátima, afirma a posição das entidades frente as propostas. “Nós vemos que o aumento dos impostos onera os preços e custos das empresas, o que as deixam menos competitivas. Nós visualizamos um reflexo negativo na economia, por isso somos contra esse aumento. Somos favorável a uma reforma administrativa eficiente, mas, jamais ao aumento de impostos porque achamos que não é a solução” salientou.

Os deputados Luana Ribeiro (PR), Eduardo Siqueira Campos (PTB), e Ricardo Ayres (PSB) se mostraram favoráveis a discussão das possibilidades de reverter o cenário. “É seguindo exemplos mundiais que deram certo, fortalecer o empresariado, que a gente recupera da crise. Não tem como ir na contra mão da história. A máquina tem que impulsionar e fortalecer o empresariado. Nós não vamos deixar a crise piorar”, disse a deputada Luana Ribeiro.

Ao final da reunião as entidades protocolaram documento solicitando aos deputados apoio contra o aumento dos impostos. Assinaram o documento: Adat, Atos, Abrasel,Acomac, Abav, Ajee, CRA, CRC, Faciet, Fecomércio, FCDL, Fieto, Sescap, Sincodive, Aprosoja, Aciara, Acipa e CDL Palmas.


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

durax 240x72

banner 300x250

ferpam 240x82

ENERGISA BANNER SETEMBRO

pub diario folha da cidade 270 340

PROMOVA SEU NEGÓCIO

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.