CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

Divulgação

jmi vol

Jovens de Palmas e do mundo interessados em trabalhar como voluntários durante a primeira edição dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas (JMI), que ocorre de 23 de outubro a 1º de novembro, receberão treinamento especializado do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud). São 450 vagas divididas entre universitários da cidade sede e demais candidatos às vagas universais do programa de voluntariado.

A iniciativa é parte das ações previstas no projeto de cooperação técnica internacional para a realização dos Jogos, assinado entre o Pnud, o Ministério do Esporte e a Agência Brasileira de Cooperação (ABC), vinculada ao Ministério das Relações Exteriores.

“O Pnud tem uma vasta experiência em eventos dessa natureza. Já treinamos voluntários para os Jogos Pan-americanos e para a Rio+20 e, agora, iremos auxiliar na seleção e capacitação dos voluntários dos Jogos Indígenas”, afirmou a oficial de programas do Pnud, Maria Teresa Fontes, em reunião nesta terça-feira, 07, na Secretaria Extraordinária dos Jogos Indígenas (Seji), em Palmas.

Seleção e Capacitação

Os interessados em participar como voluntários dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas (JMI) já podem se candidatar a uma das 90 vagas de acesso universal disponíveis para o evento. O edital foi publicado na sexta-feira (29.05) no Diário Oficial do Município de Palmas, sede das competições.

As inscrições poderão ser feitas no site dos JMI até 31 de julho de 2015. Os candidatos devem preencher um formulário online e atender aos seguintes pré-requisitos: ter mais de 18 anos; ter disponibilidade entre os dias 16 de outubro e 1º de novembro; atender a uma carga horária mínima, semanal, de 40 horas; arcar com as despesas de passagem de ida e volta, se for o caso, para Palmas; e ter fluência em português.

INCRIÇÕES AQUI

Segundo dados da Seji, o programa de voluntariado do JMI 2015 já conta com mais de 800 inscritos nos editais das universidades parceiras (Universidade Federal do Tocantins, Ceulp/Ulbra e Católica) e no edital universal (Seji).

“A maioria dos inscritos são de Palmas, mas também recebemos inscrições de fora. Só de São Paulo já somam 48 candidatos. Também recebemos inscrições de voluntários da Argentina, Chile, México, Panamá e Portugal. Temos certeza que todos os selecionados serão muito bem capacitados pelo Pnud, em parceria com as universidades e a Seji”, avaliou o secretário extraordinário dos Jogos Indígenas, Hector Franco.

Os interessados têm até 31 de julho para se inscrever no programa de voluntariado e serão notificados sobre o aceite em agosto. Dentre as benefícios do voluntariado, a oficial de programas do Pnud, Moema Freire, ressaltou o legado imaterial. “Além de ser uma oportunidade de atuar em um evento de grande porte, os voluntários também irão aprender de perto, as particularidades da vasta cultura dos povos indígenas. É um ganho de bagagem profissional e pessoal.”

A capacitação para os residentes de Palmas será realizada em setembro. Já os voluntários que residem em outras cidades e países receberão treinamento dias antes da abertura dos Jogos. As diretrizes da capacitação ainda serão definidas pelo Pnud em parceria com o Comitê Indígena Intertribal (ITC), a Seji e as universidades parceiras.

Sobre o Pnud

O Pnud é a rede de desenvolvimento global da Organização das Nações Unidas (ONU), está presente em mais de 170 países e territórios, onde atua promovendo parcerias em todas as instâncias da sociedade para ajudar na construção de nações mais fortes e resilientes.

 

Redação Seji/com adaptações DT


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

Negociação de Dividas Energisa 240x240 2

Web Banner 240x240px Cidade Encantada Energisa PP

ferpam 240x82

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.