CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

 

DSC01822b.jpg

Adolescentes que estudam na Escola Estadual Mundo Sócio do Saber, que funciona no Centro de Atendimento Socioeducativo de Palmas (Case), no bairro do Taquari, começarão o próximo ano letivo com um Laboratório de Informática para atividades de inclusão digital e com uma nova biblioteca. Ambos os espaços foram inaugurados nesta quinta-feira, 03, durante festa de encerramento do ano letivo de 2015. São alunos da escola, adolescentes que cumprem medidas socioeducativas tanto no Case como Centro de Internação Provisória de Palmas (Ceip).

O Laboratório de Informática conta com 22 computadores, número igual de fones de ouvido, uma impressora colorida e dois aparelhos de ar condicionado, adquiridos com recursos do governo federal. Já a biblioteca, que foi toda reestruturada, tem um acervo de mais de três mil livros e uma das paredes ganhou uma arte em grafismo produzida pelo aluno L.C.S., 17 anos. Ao todo, atualmente, a escola atende 62 alunos das duas unidades socioeducativas.

Nos últimos dias 1º e 2 de dezembro, nove deles puderam participar das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2015 PPL), exclusivas para candidatos privados de liberdade e jovens que cumprem medidas socioeducativas. O exame teve a mesma composição do padrão, que foi aplicado nos dias 24 e 25 de outubro. Os gabaritos oficiais das provas serão divulgados no portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira(Inep) até o dia 07 de dezembro, segunda-feira. Por sua vez, a data de divulgação doresultado do Enem 2015 PPLainda não foi informada pela organização do exame.

De acordo com a diretora da escola, Valdelice Ramos de Araújo, o ano letivo de 2015 foi muito proveitoso, em especial o segundo semestre. "A escola foi autorizada pelo Conselho Estadual de Educação a emitir certificado de conclusão do Ensino Médio", comemora.

No último dia letivo deste ano, os alunos da escola realizaram a 1ª Mostra Cultural do Projeto Revitalizar a Construção do Saber, lançado em outro em uma parceria entre as secretarias de Estado de Defesa e Proteção Social (Sedeps) e da Educação (Seduc). O projeto consiste em revitalizar o saber através do paisagismo e do cultivo de hortaliças, por meio do esporte, da leitura, da escrita e da arte do grafite.

Segundo a secretária de Defesa e Proteção Social, Gleidy Braga, os adolescentes perderam o direito à liberdade, mas não perderam outros direitos. "E a Secretaria de Defesa e Proteção Social apoia projetos como esses. Projetos que realmente compreendem a importância da ressocialização. A presença dos educadores é fundamental para mostrar para os jovens que estão aqui de que é possível ter outra vida.", ressaltou.

 

Tom Lima – Governo do Tocantins 


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

300x250 1

Banners Sites 240x240

ferpam 240x82

ENERGISA BANNER SETEMBRO

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

PROMOVA SEU NEGÓCIO

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.