CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

 

DSC01822b.jpg

Adolescentes que estudam na Escola Estadual Mundo Sócio do Saber, que funciona no Centro de Atendimento Socioeducativo de Palmas (Case), no bairro do Taquari, começarão o próximo ano letivo com um Laboratório de Informática para atividades de inclusão digital e com uma nova biblioteca. Ambos os espaços foram inaugurados nesta quinta-feira, 03, durante festa de encerramento do ano letivo de 2015. São alunos da escola, adolescentes que cumprem medidas socioeducativas tanto no Case como Centro de Internação Provisória de Palmas (Ceip).

O Laboratório de Informática conta com 22 computadores, número igual de fones de ouvido, uma impressora colorida e dois aparelhos de ar condicionado, adquiridos com recursos do governo federal. Já a biblioteca, que foi toda reestruturada, tem um acervo de mais de três mil livros e uma das paredes ganhou uma arte em grafismo produzida pelo aluno L.C.S., 17 anos. Ao todo, atualmente, a escola atende 62 alunos das duas unidades socioeducativas.

Nos últimos dias 1º e 2 de dezembro, nove deles puderam participar das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2015 PPL), exclusivas para candidatos privados de liberdade e jovens que cumprem medidas socioeducativas. O exame teve a mesma composição do padrão, que foi aplicado nos dias 24 e 25 de outubro. Os gabaritos oficiais das provas serão divulgados no portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira(Inep) até o dia 07 de dezembro, segunda-feira. Por sua vez, a data de divulgação doresultado do Enem 2015 PPLainda não foi informada pela organização do exame.

De acordo com a diretora da escola, Valdelice Ramos de Araújo, o ano letivo de 2015 foi muito proveitoso, em especial o segundo semestre. "A escola foi autorizada pelo Conselho Estadual de Educação a emitir certificado de conclusão do Ensino Médio", comemora.

No último dia letivo deste ano, os alunos da escola realizaram a 1ª Mostra Cultural do Projeto Revitalizar a Construção do Saber, lançado em outro em uma parceria entre as secretarias de Estado de Defesa e Proteção Social (Sedeps) e da Educação (Seduc). O projeto consiste em revitalizar o saber através do paisagismo e do cultivo de hortaliças, por meio do esporte, da leitura, da escrita e da arte do grafite.

Segundo a secretária de Defesa e Proteção Social, Gleidy Braga, os adolescentes perderam o direito à liberdade, mas não perderam outros direitos. "E a Secretaria de Defesa e Proteção Social apoia projetos como esses. Projetos que realmente compreendem a importância da ressocialização. A presença dos educadores é fundamental para mostrar para os jovens que estão aqui de que é possível ter outra vida.", ressaltou.

 

Tom Lima – Governo do Tocantins 


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

Web Banner 240x240px Palmas Saude

ferpam 240x82

ENERGISA BANNER SETEMBRO

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

PROMOVA SEU NEGÓCIO

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.