CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

IMG 20170204 WA0005 1 Antônio, esquerda, Murilo, direita.

Uma ação de combate ao tráfico de drogas e à criminalidade em geral, deflagrada, pela Delegacia Especializada na Repressão a Narcóticos (DENARC), com apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco –To), na noite desta sexta-feira, 4, em Palmas, resultou na prisão em flagrante por tráfico de drogas de Murilo Garcia Martins, também conhecido como “Leitão”, 33 anos e Antônio de Araújo Silva, 35 anos e na apreensão de duas armas de fogo, além de várias porções de maconha, crack, cocaína e pontos de LSD.

Conforme o delegado Guilherme Rocha Martins, titular da Denarc e responsável pela operação, após compartilhamento de informações com o Gaeco - To, os policiais civis deslocaram-se até a quadra 104 Sul, onde abordaram Murilo, o qual levou os policiais até a Boca de Fumo, localizada na quadra 1206 Sul, a qual era gerenciada pelo indivíduo, com apoio de Antônio.

Após realizar buscas no interior do imóvel, os agentes da Denarc, localizaram e apreenderam várias porções de maconha, cocaína, crack, além de 14 pontos de LSD. Em seguida, os agentes foram até a residência de Murilo, localizada na Quadra 1004 Sul, onde encontraram e apreenderam mais substâncias entorpecentes, bem como um revólver calibre 38, com a numeração raspada, que estava municiado com seis cartuchos intactos.

No momento em que as equipes da Denarc, estavam na casa de Murilo, Antônio chegou ao local, com o objetivo de efetuar uma transação de drogas. De imediato, os policiais civis o abordaram e, após a realização de uma busca pessoal, encontraram em poder do indivíduo, uma pistola, calibre .40, modelo PT 24/7, municiada e que havia sido furtada de um policial militar do Tocantins. No veículo conduzido por Antônio, os agentes também encontraram várias porções de drogas.

Em seguida, os policiais civis foram até a residência de Antônio, localizada na Quadra 305 Sul, onde localizaram e apreenderam alguns carregadores de pistola .40, além de colete balístico e toucas ninja, o que segundo a Polícia Civil, representa fortes indícios de que o mesmo tinha envolvimento com roubo a bancos.

Ainda segundo o apurado pela Denarc, Murilo e Antônio pertencem a uma facção criminosa e, provavelmente, estariam se organizando para praticar atentados em Palmas, haja vista o fato de estarem fortemente armados e nos aparelhos celulares apreendidos com os mesmos, os policiais flagraram conversas em que ambos combinam para sair e “Fazer umas paradas, na cidade”.

Ainda segundo apurado pela Denarc, Antônio é suspeito de intermediar a venda de armas de Brasília – DF, para criminosos de Palmas. Antônio e Murilo foram conduzidos à sede da Delegacia Especializada, onde foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Após os procedimentos cabíveis, ambos os homens foram recolhidos à carceragem da Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP), onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.

IMG 20170204 WA0004 Armas, drogas e demais objetos apreendidos pela Denarc em Palmas.

Rogério de Oliveira/Governo do Tocantins



O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

ferpam 240x82

ENERGISA BANNER SETEMBRO

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

PROMOVA SEU NEGÓCIO

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.