CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

Washington Luiz / Governo do Tocantin

rali tocantinense piloto

Ronaldo Imay vence na categoria Over 45s 

A chegada dos competidores na 24ª edição do Rally Internacional dos Sertões 2016 está movimentando a Praia da Graciosa, em Palmas, cidade escolhida para finalizar a competição, que iniciou autódromo Internacional de Goiânia (GO), no dia 03 de setembro, passou pela Bahia e chegou ao Tocantins, pela região do Jalapão.

Dentre os diversos competidores, o Estado tem o privilégio de receber em casa os pilotos tocantinenses Ronaldo Imay e João Onofre Barros, que alcançaram bons resultados na competição.

Pilotando uma moto KTM 450, Ronaldo Imay terminou a prova em primeiro lugar na categoria Over 45 e na oitava posição geral da competição. Em sua segunda participação no Rally dos Sertões, Imay falou que a chegada em Palmas foi uma das razões que o motivou a participar e a conquistar a primeira colocação. “Eu fiquei muito feliz, na verdade o objetivo era ganhar e a evolução da prova me trouxe a um bom resultado na classificação geral, apesar dos do esforço em percorrer 516 quilômetros sem tirar a mão do acelerador. O que me motivou a participar do Rally este ano foi saber que eu chegaria em casa”, disse o vencedor tocantinense.

Durante sua participação pela primeira vez na competição, Imay se machucou na metade da prova e não pode seguir adiante. Agora, vencedor em uma categoria, o resultado deste ano é uma motivação a mais para ele se preparar para a próxima edição.

O piloto João Onofre encerrou a competição satisfeito com os resultados. Ele ficou em quinto lugar na categoria Over 45 e na 22ª posição geral. “Entrei nesse Rally com cinco objetivos: não machucar, não cair, não adoecer, não quebrar a moto e subir no pódio, e vejo que tudo isso foi uma superação e é uma alegria encerrar aqui em Palmas”, frisou o piloto ressaltando que encerra também sua participação no Rally.

Na categoria geral de motos, o campeão foi Gregório Caselani, pilotando uma Honda CRF 450X.

Para os competidores, o trecho de maior dificuldade foi a região do Jalapão. A segunda e última parte da etapa maratona. Foram 498 km entre Mateiros (TO) – Ponte Alta do Tocantins (TO), sendo 491 quilômetros de trecho cronometrado, a maior dentre as etapas de provas e em pleno Jalapão.

Rally dos Sertões

Por alguns anos rota de passagem, nesta 24ª edição, o Estado do Tocantins tem o privilégio de ser ponto de chegada e premiação desta competição. Foram sete etapas, das quais três pontos estão inseridos no Tocantins: Mateiros, Ponte Alta do Tocantins e Palmas. Em todo o percurso, o Estado teve a oportunidade de mostrar ao mundo a suas potencialidades turísticas, especialmente o Jalapão, uma região predominantemente de cerrado, solo arenoso e águas cristalinas.

Apoiando institucionalmente este evento, o Governo do Tocantins e a organização do Rally dos Sertões realizaram uma série de atividades por algumas das cidades do trajeto. Por meio do projeto Saúde e Alegria no Sertão, foram realizadas ações que abrangem as necessidades locais nas áreas de educação, saúde, meio ambiente, cultura e inclusão social.

Edvânia Peregrini / Governo do Tocantins


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

Web Banner 240x240px Palmas Saude

ferpam 240x82

ENERGISA BANNER SETEMBRO

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

PROMOVA SEU NEGÓCIO

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.