CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

273044_600x450.jpg

Após determinação do governador Marcelo Miranda para que as secretarias de Estado da Saúde (Sesau) e da Fazenda (Sefaz) negociassem com a empresa Litucera uma saída para resolver os impasses financeiros, possibilitando assim o restabelecimento dos serviços prestados aos pacientes, acompanhantes e servidores dos hospitais públicos do Tocantins, o secretário da Saúde, Marcos Musafir, acompanhado do subsecretário da pasta, Marcus Senna e da diretora do Hospital Geral de Palmas (HGP), Renata Nogueira Dutra, visitaram nesta quinta-feira, 24, as instalações e o refeitório do HGP.

Na oportunidade, o secretário Marcos Musafir vistoriou o local onde são preparadas as refeições, almoçou no refeitório e, posteriormente, conversou com servidores, pacientes e acompanhantes. “O objetivo de estar aqui no HGP na hora do almoço é para verificar o cumprimento do acordo feito entre o Governo do Estado e a empresa Litucera. Há uma grande preocupação do governador Marcelo Miranda em oferecer um serviço de qualidade na saúde pública do Estado, e toda a equipe está empenhada ao máximo para isso”, explicou o secretário.

Marcos Musafir explanou também sobre as dificuldades financeiras que o Governo do Estado vem passando devido, principalmente, a crise econômica e política que acontece no país. “Nossos recursos financeiros são escassos e o leque de atendimento do HGP é bem amplo, já que atende não somente a população do Tocantins, mas também muitos pacientes de outros Estado. Por isso, o governador Marcelo Miranda tem se dedicado diariamente para que os serviços não sejam interrompidos e que a saúde pública do Tocantins possa ser uma das melhores do Brasil”, disse.

Negociações

Nessa quarta-feira, 23, o Governo do Estado do Tocantins, por meio da Sefaz e Sesau firmou acordo com a empresa Litucera para o retorno dos serviços prestados nos hospitais públicos estaduais. Na ocasião, ficou definido que até o final deste mês de março serão pagos mais de R$ 2,5 milhões à empresa.

Na reunião foi definido ainda que o governo e a empresa vão manter negociações permanentes na tentativa de encontrar soluções para o impasse que afetou, principalmente, os serviços de alimentação nos hospitais públicos do Tocantins. 
No entanto, o Governo do Estado entende que é fundamental fazer uma revisão dos contratos em vigor, pois diante da conjuntura atual, o Estado e seus parceiros devem buscar entendimentos que resultem em um controle mais efetivo das despesas.

Serviços Normalizados

Quem esteve nesta quinta-feira, 24, no HGP observou um hospital com corredores e salas limpas, lixeiras vazias e com as refeições sendo servidas de forma regular aos pacientes, acompanhantes e servidores. Foi o caso de dona Raimunda Evangelista, que estava acompanhando o seu filho Edmundo Alves Parente. “O atendimento aqui é excelente, bons profissionais e um acompanhamento permanente. Só tenho elogios ao HGP, a começar por esta refeição maravilhosa que está sendo servida”, comentou.

A enfermeira do HGP Adriana Rocha da Silva, disse que apesar das dificuldades acredita no empenho da nova gestão do governo na área da Saúde. “Estou confiante que esta situação é transitória e que vai melhorar. Temos percebido uma maior aproximação do secretário da pasta com os problemas do HGP e isso é muito positivo”, concluiu.

Refeições

Diariamente são servidas cinco refeições para pacientes, acompanhantes e servidores do HGP. Nesta quinta-feira, 24, o cardápio contava com arroz, feijão, linguiça assada, farofa de ovo, cenoura, ervilha e azeitona, além de suco, geladinho e sobremesa.

ASCOM


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

Negociação de Dividas Energisa 240x240 2

Web Banner 240x240px Cidade Encantada Energisa PP

ferpam 240x82

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.