CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

Alexandre Araripe Frederick Borges

Alexandre Araripe

A Secretaria de Estado da Saúde realiza no próximo dia 16 de novembro, às 19 horas, abertura do I Fórum de Saúde e Diversidade do Tocantins com a palestra “O Atendimento Clínico a Crianças e Jovens Transexuais no Hospital das Clínicas de São Paulo”. A programação segue até do dia 17, das 14h às 18h, no auditório da Defensoria Pública do Estado. O Fórum visa discutir e informar sobre a temática da saúde para diversidade e políticas públicas, tendo como área de concentração as pessoas transgênicas. O evento vai contar com a participação de gestores municipais e estaduais da saúde, acadêmicos de saúde e direito, Organização Não Governamental e Organização da Sociedade Civil.

Serão debatidos temas como o atendimento clínico a crianças e jovens transexuais, o processo de mudança do nome social no registro civil como promoção da saúde, cidadania de travestis e transexuais no Tocantins, a identidade de gênero, o atendimento à população trans no Estado e as implicações sociais de viver a transexualidade.

Alexandre Araripe, técnico da Gerência de DST/Aids e Hepatites Virais, explica que a Secretaria de Saúde está dando continuidade ao trabalho de implementação das políticas públicas para a diversidade, com base nas portarias ministeriais que instituem, respectivamente, a Política Nacional de Saúde Integral para LGBT e o Processo Transexualizador. “Propomos o Fórum com o objetivo de assumir a responsabilidade da qualificação da gestão em saúde e da rede SUS, promovendo a equidade e a inclusão de todos os sujeitos. Nós entendemos que este processo vai além da prevenção de agravos, abrangendo a saúde integralmente, concentrando na incorporação por parte de todos os segmentos da gestão e da sociedade para entender e atender às especificidades considerando a diversidade”, diz.


Araripe esclareceu ainda que recentemente o Ministério da Saúde incorporou os campos de orientação sexual e identidade de gênero nas notificações de violência e está, agora, em fase de finalização destes campos para todos os agravos da rede de atenção. “Com isso e com a rotina do nome social implantada no SUS Tocantins espera-se que essas pessoas tornem-se cada vez mais visíveis às estatísticas, com plena acessibilidade aos serviços”, reforçou.

A Secretaria de Saúde deu início a construção da implementação da saúde para a diversidade, tendo realizado as seguintes etapas: divulgação da Portaria. nº 1820, 13/08/2009 – sobre o uso do nome social para travestis e transexuais no cartão SUS, para os 139 municípios; elaboração do Protocolo de Acolhimento e Fluxo de Atendimento à Diversidade no Tocantins, que se encontra em fase de editoração; implementação de serviço ambulatorial para o atendimento de Travestis e Transexuais de acordo com a Portaria nº 2803, de 18/11/2011, MS.

Para mais informações e inscrições, o interessado pode entrar em contato pelo telefone (63) 3218-1768 ou 3218-4888.


Confira a programação:


Dia 16/11/16
Noite 18h30
Credenciamento e abertura
Equipe técnica GE-DST/AIDS/HV
19h
Cerimonial de Abertura
ASCOM – SESAU.


19h30 - Palestra
O Atendimento Clínico a Crianças e Jovens Transexuais no Hospital das Clínicas de SP

Dr. Alexandre Saadeh (SP) – Coordenador do ambulatório transdisciplinar de identidade de gênero e orientação sexual do núcleo de psicologia e psiquiatria forense do IPq-HCFMUSP

DEBATE

Dia 17/11/16

Tarde - 14h Mesa Redonda

O Processo de Mudança do Nome Social no Registro Civil como Promoção da Saúde e Cidadania de Travestis e Transexuais no TO

Dra. Valdete C. da Silva NUDIS/DPE;
Dr. Arthur Luiz P. Marques – NUSA/DPE;
Dr. Clenan Renault – Procurador-Geral do MPE/TO;
Dr. Walter Ohofugi -OAB/TO.

15h - Palestra
A Identidade de Gênero e a Saúde

Tathiane Araújo (PE) – Presidente da Rede Nacional de Pessoas Trans, Conselheira Nacional de Saúde;

16h - Palestra
O Atendimento à População Trans no Tocantins

Bernadete Aparecida Ferreira (TO) – Diretora da Casa 8 de Março
Intervalo

19h - Mesa Redonda:

A Montação do Corpo e As Implicações Sociais de Viver a Transexualidade
Byanca Marchiori – Presidente da Associação de Travestis e Transexuais do TO - ATRATO;
Fernando Vieira – Representante do Instituto Brasileiro de Transmasculinidades no TO

20h – Atividade prática:

Treinamento e Oferta de Testagem na Metodologia Teste Rápido DPP Fluido Oral
Equipe técnica GE-DST/AIDS/HV

Ellayne Czuryto/Governo do Tocantins


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

Diario dotocantins 240x240

diario to

ferpam 240x82

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.