CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

f3862162565aadffc3210b982b220ce2.jpg

A DPE-TO - Defensoria Pública do Estado do Tocantins, mediante atuação do NAC – Núcleo de Ações Coletivas, requisitou informações ao Município de Palmas e a TerraPalmas – Companhia Imobiliária do Estado do Tocantins sobre a conclusão dos procedimentos de regularização fundiária em áreas existentes na Capital.

Ao prefeito de Palmas, a DPE-TO requisitou informações sobre o atual estágio do Procedimento de Regularização Fundiária do Setor Taquari e de igual forma para a sua conclusão. O objetivo é instruir o Propac – Procedimento Preparatório de Ação Civil nº 219/2014, instaurado com o objetivo de patrocinar a defesa das famílias hipossuficientes que ocupam a área e anseiam pela regularização, diante da insegurança jurídica que vem sendo submetidas.

À TerraPalmas, o primeiro pedido foi também de informações sobre o atual estágio do Procedimento de Regularização Fundiária do Setor Taquari. Já o segundo pedido foi em relação à Quadra 606 Sul referente às HM 01, HM 06, HM 07 e HM 10, que se encontram pendente de regularização, aliado ao fato de que o Município de Palmas solicitou ao Estado do Tocantins a doação da referida área para promover a regularização, mas que por enquanto ainda não foi efetivado. As informações devem ser prestadas no prazo de 15 dias, a contar do protocolo, nos termos do art. 8º, da Lei Federal nº 7.347/85.

Texto: Alessandra Bacelar

Documentos


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

Diario dotocantins 240x240

diario to

ferpam 240x82

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.