CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

foto palacio 400 225

 As entidades representativas dos servidores públicos estaduais do Poder Executivo seguirão para o Palácio Araguaia às 9 horas desta segunda-feira, 1º de junho e permanecerão lá até que o Governador Marcelo Miranda as receba, pessoalmente, para tratar do pagamento da data-base do Poder Executivo. A decisão foi tomada na última reunião conjunta realizada entre os Sindicatos e Associações dos Militares ocorrida em 28 de maio. As entidades não concordam com outra proposta para a data-base que não seja o pagamento integral do índice de 8.3407%, em parcela única e na folha de pagamento de maio, conforme prevê a legislação vigente.


Segundo os presidentes dos Sindicatos e Associações, as entidades têm tentado, a todo custo, conduzir a negociação de forma dialogada. “Ocorre que o Governo do Estado parece surdo aos nossos apelos. É inaceitável pensar que, um Governador que se diz democrático e defensor dos servidores públicos, sequer consegue agendar uma reunião com as entidades que representam o servidor”, afirmaram em nota conjunta divulgada no último dia 29.

Para as entidades classistas, o servidor público efetivo do Poder Executivo não pode ser penalizado pelos erros que aconteceram na administração pública estadual. “O servidor não pode ser penalizado. Reafirmamos que não vamos admitir a aplicação do índice em percentual menor que o apurado pelo INPC (8.3407%), bem como o parcelamento. Tal medida é uma transgressão à Constituição Federal, Constituição Estadual e Lei de Responsabilidade Fiscal, configurando, dessa forma, ato inconstitucional e de improbidade administrativa, uma vez que a reposição integral é determinada pela Carta Magna com a finalidade de repor as perdas causadas pela inflação”, argumentam.

PROTESTO

As entidades também realizam, na próxima terça-feira, dia 02, um grande protesto em defesa do pagamento da data-base. Os servidores públicos estaduais de todos os órgãos se reunirão em frente ao Palácio Araguaia para exigir o pagamento e cobrar o cumprimento dos direitos do servidor.

O protesto iniciará às 16 horas e o ponto de concentração é a Praça dos Girassóis, em frente ao Palácio.

(Assessoria de Comunicação SISEPE-TO, Ana Mariana Araújo)


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

Diario dotocantins 240x240

diario to

ferpam 240x82

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.