CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

Lucivânia CavalcantePara doar é preciso estar em boas condições de saúde, apresentar documento oficial com foto, pesar acima de 50 kg e ter entre 16 e 69 anos, sendo que os menores de idade necessitam de uma autorização formal e da presença do responsável para poder doar. A idade limite para a primeira doação é 60 anos. Foto:Lucivânia Cavalcante
Os vereadores e servidores da Câmara de Palmas estiveram nneste dia 6, no Hemocentro da quadra 301 Norte, para uma ação que visa incentivar a doação de sangue. Os parlamentares e colaboradores presentes se prontificaram a realizar os exames necessários e ainda falaram sobre a importância desse gesto.

“Eu me sinto realizada. Essa parceria entre a Câmara e o Hemocentro nos deu a oportunidade de estar aqui participando desta ação e isso é muito bom porque doar sangue é doar vida, ser solidário com o próximo”, destacou a vereadora Vanda Monteiro.

Para doar é preciso estar em boas condições de saúde, apresentar documento oficial com foto, pesar acima de 50 kg e ter entre 16 e 69 anos, sendo que os menores de idade necessitam de uma autorização formal e da presença do responsável para poder doar. A idade limite para a primeira doação é 60 anos.

Além da captação de sangue, o Hemocentro também faz o cadastro para doadores de medula óssea. O vereador Juscelino, fez os exames para doar sangue e também se cadastrou para a doação de medula. Ele se prontificou a ajudar. “É um gesto que todo brasileiro deveria fazer, porque salva vidas”, pontuou.

Bárbara Calaça, diretora técnica da unidade, afirmou que em junho são realizadas diversas ações de incentivo à doação, em todo o país, e que a presença dos parlamentares contribui muito com a visibilidade que o gesto necessita. “A Câmara aqui junto com a gente é importante porque os vereadores são os representantes do povo, e conhecem muita gente. Então, essas ações acabam trazendo outras pessoas e isso é muito bom”, frisou.

Os servidores da Casa de Leis também deram exemplo de solidariedade. Alguns já eram doadores, outros faziam a doação pela primeira vez. No entanto, o que vale é a intenção de ajudar ao próximo, como destacou a servidora Lucivânia Oliveira Cavalcante, que é doadora há três anos. “Comecei a doar em 2014 e nunca parei, tenho até a carteirinha”, disse.

Hemocentro de Palmas

O Hemocentro fica localizado na quadra 301 Norte, conjunto 1, lote 2, próximo ao Detran. De segunda a sexta-feira, funciona das 7h às 18h, e aos sábados das 7h ao meio-dia. Mais informações sobre os endereços das unidades de coleta de todo o estado podem ser conferidas pelo telefone 0800 642 8822 ou através do site da Hemorede (http://saude.to.gov.br/atencao-a-saude/hemorrede/).

A unidade da Capital sempre está precisando de doações e muitas vezes passa por dificuldades para encontrar doadores com tipos sanguíneos específicos, como o O negativo (O-), que é considerado raro. Por isso mesmo a ações como a parceria com a Câmara de Palmas, que incentivam a doação, são tão necessárias

Fotos: Cleober Taquara.


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

Diario dotocantins 240x240

diario to

ferpam 240x82

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.