CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

SENAI FIETO


Após 4 dias de provas representando o Brasil na ocupação Pintura Decorativa, Alisson Aguiar alcançou a 6ª colocação entre 19 competidores de diferentes países e um certificado de excelência.

Após participação na olimpíada internacional de profissões da educação profissional, WorldSkills, o aluno do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) de Palmas, Alisson Aguiar, volta para o Tocantins esta semana como o 6º melhor profissional de Pintura Decorativa do mundo e um certificado de excelência, concedido aos competidores que atingem a partir de 500 pontos na avaliação das provas. Representando o Brasil, ele disputou e realizou atividades relacionadas à ocupação com representantes de outros 18 países. No total, 62 países participaram da WorldSkills 2015 desde o último dia 11/08 em São Paulo/SP.

Os competidores da delegação brasileira, país que mais obteve pontos na competição, treinados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), conseguiram 27 medalhas: 11 de ouro, 10 de prata e 6 de bronze, além de 18 certificados de excelência. Um destes certificados foi o do tocantinense que conseguiu 518 pontos na avaliação de seu trabalho desenvolvido em 4 dias como prevê a competição. “A emoção é grande de representar o Brasil numa modalidade que é nova na competição e isso ser no meu país. Eu dei o meu melhor, sei da minha capacidade e independente do resultado eu estou muito feliz e satisfeito com o meu desempenho”, avaliou Alisson sobre a competição.

A prova realizada na ocupação Pintura Decorativa se dividiu em 5 módulos envolvendo a aplicação de papel de parede, a pintura de uma porta, a reprodução de uma pintura em um painel (design) e outra em um mural com técnicas pré-determinadas e o estilo livre. No estilo livre, única prova em que os competidores devem realizar trabalhos diferentes entre si do proposto na competição, o Alisson fez um mosaico de mármore, composto de pedras polidas e pedras naturais, como explicou seu técnico, o instrutor do SENAI Tocantins, Gilvan Souza. Ao término do tempo determinado para a prova são feitas avaliações por técnicos de vários países observando normas internacionais de qualidade.

A diretora do SENAI Tocantins, Márcia Rodrigues, visitou o evento e destacou que além do excelente resultado alcançado pelo representante do Tocantins e do Brasil, o maior ganho da WorldSkills é dar o enfoque à importância do investimento na educação profissional. “Não haverá desenvolvimento da indústria e econômico se nós não tivermos pessoas qualificadas e capacitadas para produzir com cada vez mais inovação e eficácia. Esse é o investimento que o SENAI está fazendo e o maior retorno que nós queremos com isso é o desenvolvimento”, avaliou.

A WorldSkills reuniu 1.200 jovens em 50 ocupações da indústria e do setor de serviços, como pintura decorativa, mecatrônica, carpintaria, robótica, manutenção de aeronaves, marcenaria, design gráfico, joalheria, panificação e outras. Em sua 43ª edição é a primeira vez que a WorldSkills, fase internacional que reúne os melhores resultados da fase nacional (Olimpíada do Conhecimento), foi sediada em um país da América Latina. O evento é realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e pela Confederação Nacional da Indústria.

Por Priscila Cavalcante - São Paulo


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

Mídias Sites 240x240

ferpam 240x82

diario do tocantins OBRAS PELA CIDADE 240x570 1

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.