CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

SENAI FIETO


Após 4 dias de provas representando o Brasil na ocupação Pintura Decorativa, Alisson Aguiar alcançou a 6ª colocação entre 19 competidores de diferentes países e um certificado de excelência.

Após participação na olimpíada internacional de profissões da educação profissional, WorldSkills, o aluno do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) de Palmas, Alisson Aguiar, volta para o Tocantins esta semana como o 6º melhor profissional de Pintura Decorativa do mundo e um certificado de excelência, concedido aos competidores que atingem a partir de 500 pontos na avaliação das provas. Representando o Brasil, ele disputou e realizou atividades relacionadas à ocupação com representantes de outros 18 países. No total, 62 países participaram da WorldSkills 2015 desde o último dia 11/08 em São Paulo/SP.

Os competidores da delegação brasileira, país que mais obteve pontos na competição, treinados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), conseguiram 27 medalhas: 11 de ouro, 10 de prata e 6 de bronze, além de 18 certificados de excelência. Um destes certificados foi o do tocantinense que conseguiu 518 pontos na avaliação de seu trabalho desenvolvido em 4 dias como prevê a competição. “A emoção é grande de representar o Brasil numa modalidade que é nova na competição e isso ser no meu país. Eu dei o meu melhor, sei da minha capacidade e independente do resultado eu estou muito feliz e satisfeito com o meu desempenho”, avaliou Alisson sobre a competição.

A prova realizada na ocupação Pintura Decorativa se dividiu em 5 módulos envolvendo a aplicação de papel de parede, a pintura de uma porta, a reprodução de uma pintura em um painel (design) e outra em um mural com técnicas pré-determinadas e o estilo livre. No estilo livre, única prova em que os competidores devem realizar trabalhos diferentes entre si do proposto na competição, o Alisson fez um mosaico de mármore, composto de pedras polidas e pedras naturais, como explicou seu técnico, o instrutor do SENAI Tocantins, Gilvan Souza. Ao término do tempo determinado para a prova são feitas avaliações por técnicos de vários países observando normas internacionais de qualidade.

A diretora do SENAI Tocantins, Márcia Rodrigues, visitou o evento e destacou que além do excelente resultado alcançado pelo representante do Tocantins e do Brasil, o maior ganho da WorldSkills é dar o enfoque à importância do investimento na educação profissional. “Não haverá desenvolvimento da indústria e econômico se nós não tivermos pessoas qualificadas e capacitadas para produzir com cada vez mais inovação e eficácia. Esse é o investimento que o SENAI está fazendo e o maior retorno que nós queremos com isso é o desenvolvimento”, avaliou.

A WorldSkills reuniu 1.200 jovens em 50 ocupações da indústria e do setor de serviços, como pintura decorativa, mecatrônica, carpintaria, robótica, manutenção de aeronaves, marcenaria, design gráfico, joalheria, panificação e outras. Em sua 43ª edição é a primeira vez que a WorldSkills, fase internacional que reúne os melhores resultados da fase nacional (Olimpíada do Conhecimento), foi sediada em um país da América Latina. O evento é realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e pela Confederação Nacional da Indústria.

Por Priscila Cavalcante - São Paulo


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

Diario dotocantins 240x240

diario to

ferpam 240x82

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.