CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

INOVAÇÃO NA PRODUÇÃO DE BOVINOS

imagem release 1371974O uso de antioxidantes em bovinos é um conceito relativamente novo no Brasil, no entanto já é uma realidade em outros países e traz uma nova proposta para a pecuária.

* Beatriz Cardoso 

O uso de antioxidantes em bovinos é um conceito relativamente novo no Brasil, no entanto já é uma realidade em outros países e traz uma nova proposta para a pecuária. Estudos desenvolvidos nos últimos anos comprovam a efetividade desta estratégia e demonstram um potencial extremamente positivo para ser aplicado nos sistemas de produção de bovinos, principalmente em regime de alta performance.

Apesar do conceito de suplementação de minerais dos rebanhos já ser de conhecimento disseminado, o uso de antioxidantes é extremamente inovador. Desde o nascimento até a morte, reações metabólicas ocorrem para garantir a produção de energia e sobrevivência dos animais. No entanto, estas reações produzem radicais livres, substâncias que, se não equilibradas pelo organismo – pela ação dos antioxidantes –, são nocivas e prejudiciais à saúde animal. Em momentos de estresse e de alta exigência, essas substâncias são produzidas em grande escala e a energia que poderia ser direcionada para atividades produtivas dos animais é desviada para restaurar o equilíbrio, prejudicando o seu desempenho.

Composto com as Vitaminas A e E, Manganês, Cobre, Zinco e Selênio, o Kit Adaptador MIN_VIT®, desenvolvido pela Biogénesis Bagó, inova no mercado veterinário com uma proposta antioxidante, atuando no combate do estresse oxidativo e nos transtornos reprodutivos e produtivos. Sua utilização é recomendada para suprir as reservas dos bovinos em qualquer fase do processo de produção em que se exige alto desempenho. Sendo assim, seus benefícios têm sido verificados no combate ao estresse durante o transporte de animais, no desempenho de bezerros na desmama, na fertilidade de fêmeas submetidas à IATF, na performance de touros reprodutores, na recria, no confinamento e, inclusive, no período de transição de vacas leiteiras. desde o seu lançamento, diversos estudos foram desenvolvidos no Brasil comprovando a eficiência dessa estratégia em diferentes categorias e fases de produção. Num estudo realizado em parceria com a USP, foi demonstrado um aumento de 6,1% na taxa de prenhez de vacas Nelore submetidas à IATF que foram suplementadas com o Kit Adaptador MIN_VIT®. Tal incremento pode ser creditado principalmente à melhoria da ciclicidade dos animais observada no grupo tratado (Maturana et al., 2016).

As vitaminas e minerais presentes no Kit Adaptador MIN_VIT® estão altamente associadas ao crescimento, reprodução e imunidade dos animais. Dessa forma, quando são deficientes refletem muitos prejuízos para o animal, como, por exemplo, imunidade debilitada, aparecimento de enfermidades, transtornos reprodutivos, baixo ganho de peso. Estes e outros fatores impactam diretamente e negativamente na lucratividade do sistema. Por esta razão, a utilização da tecnologia da suplementação injetável (Kit Adaptador MIN_VIT®) como um complemento em momentos de alto desafio agrega substancialmente ao processo, garantindo uma suplementação padronizada do lote em quantidade superior à exigência nutricional diária. Além disso, as vitaminas e os minerais agem em sinergismo, ou seja, auxiliando e/ou potencializando a ação do outro, por isso a importância do uso conjunto do Adaptador Min® e Adaptador Vit® para alcançar os melhores resultados.

No entanto, um questionamento levantado é em relação à frascaria, o porquê de as vitaminas e minerais não serem apresentadas num único frasco. Este é um cuidado que a Biogénesis Bagó, após anos de pesquisa e desenvolvimento, trouxe ao mercado ao considerar que as vitaminas A e E, quando em contato com sais de cobre, oxidam, e, portanto, perdem a sua função, impedindo a devida ação do produto. Atualmente, o Kit Adaptador MIN_VIT® possui formulação exclusiva da Biogenésis Bagó e única no Brasil. Vale ressaltar que, para um melhor resultado, a dosagem e o momento de aplicação destes suplementos devem ser orientados por um profissional.

Baseado nos resultados dos trabalhos desenvolvidos e em relatos de campo é possível concluir que o benefício da suplementação com antioxidantes injetável torna-se evidente ao produtor devido ao maior desempenho e/ou produtividade dos animais nos momentos de maior demanda, o que se reflete num sistema mais produtivo a um melhor custo benefício, revelando uma estratégia inovadora de potencializar a produtividade dos rebanhos bovinos brasileiros.

* Beatriz Cardoso é Médica Veterinária formada na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro com parte da graduação realizada nos Estados Unidos (University of Wisconsin). É mestre em Reprodução Animal pela Universidade de São Paulo e Coordenadora de Território da Biogénesis Bagó Saúde Animal.


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

ENERGISA OUTUBRO 240x240

Mídias Sites 240x240

ferpam 240x82

diario do tocantins OBRAS PELA CIDADE 240x570 1

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.