CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

Carlos Magno/Secom

marcelo na lagoa 1
O governador Marcelo Miranda no encerramento da colheita de arroz, safra 2014/2015 no município de Lagoa da Confusão A produção de arroz no Tocantins é de 585 mil toneladas nesta safra, 2014/2015, em uma área de 122,9 hectares Marcelo Miranda disse estar entusiasmado com o potencial produtivo da região Nelson Alves Moreira é agricultor e presidente do Sindicato Rural de Lagoa da Confusão

A produção de arroz no Tocantins é de 585 mil toneladas nesta safra, 2014/2015, em uma área de 122,9 hectares. Atualmente o Estado é o 3º maior produtor de arroz irrigado do Brasil e a expectativa é que a produção aumente mais 21,83 mil toneladas nesta safra. Já o arroz sequeiro, terá um crescimento maior, de 21,4%, com previsão também para o acréscimo da área em mais 3,19 mil hectares.

E para comemorar estes números, o governador Marcelo Miranda, secretários de Governo, produtores e empresários do setor rural realizaram, simbolicamente, o encerramento da colheita de arroz, safra 2014/2015 no município de Lagoa da Confusão, no Vale do Araguaia, região centro-oeste do Estado.

Na região, está previsto a colheita da safra 2014/2015 de 490,61 mil/t de arroz, o que corresponde a 84,96% da produção do Estado, em uma área de 80,15 mil/ha, 68,45% da área de arroz cultivado no Tocantins. As estimativas são do 6º Levantamento de Grãos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Marcelo Miranda disse estar entusiasmado com o potencial produtivo da região. “São 100 dias à frente do Governo e tenho certeza de que este será um governo de colheitas e que está ao lado de quem acredita, de quem trabalha e produz. Estou pisando em uma terra fértil, com excelente produtividade, igual às grandes regiões produtoras de arroz, como a Região Sul do país”, disse. O governador destacou ainda que está trabalhando para a melhoria da infraestrutura para oferecer uma melhor logística para os produtos tocantinenses.

O secretário de Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro), Clemente Barros, lembrou que o caminho do Brasil passa pelo agronegócio. “Exemplos disso são os números dos produtos exportados. Mais da metade é do agronegócio. Viemos aqui comemorar, mas também receber as demandas e as sugestões dos produtores da região, como a pavimentação da rodovia que liga Lagoa a Barreira da Cruz”, enfatizou.

Clemente Barros destacou ainda as ações do Executivo para a agropecuária tocantinense. “O Governo tem fomentado políticas públicas de fortalecimento e apoio à produção, incluindo a malha viária, facilitando o acesso às rodovias federais, portos, Ferrovia Norte-Sul, somadas as ações da vigilância sanitárias para alta qualidade da produção agrícola tocantinense, e vamos trabalhar para que o setor produtivo cresça ainda mais”, reforçou.

O agricultor e presidente do Sindicato Rural de Lagoa da Confusão, Nelson Alves Moreira, possui lavoura de grãos no município há mais de 20 anos, sendo que nesta safra foram plantados mais de 60 mil hectares de arroz. “Acompanhamos a evolução na agricultura com a utilização de tecnologias mais avançadas, melhorias na adubação, fertilizantes mais apropriados às culturas e ao solo. O que nos falta é mais pesquisas”, pontuou.

O evento de encerramento da colheita de arroz contou ainda com a presença de prefeitos, deputados, vereadores e secretários municipais.

Lenna Borges / Núcleo Agricultura


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

ENERGISA OUTUBRO 240x240

Mídias Sites 240x240

ferpam 240x82

diario do tocantins OBRAS PELA CIDADE 240x570 1

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.