CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

O trabalho avaliou alterações da saúde bucal infantil, relacionadas à frequência de crianças no Programa Boquinha do Bebê, em Gurupi (TO).

1aRiseRankNos dias 3 e 4 de setembro, a professora do curso de Odontologia da UnirG, Drª Rise Consolação Iuata Costa Rank, irá apresentar o trabalho “Saúde bucal infantil relacionada à frequência em cuidados dentários preventivos públicos”, na 20ª Conferência Internacional de Cuidados Primários em Pediatria, em Zurique, na Suíça.

O trabalho avaliou alterações da saúde bucal infantil, relacionadas à frequência de crianças no Programa Boquinha do Bebê, em Gurupi (TO). O estudo avaliou 252 crianças de 36 a 60 meses de idade.

O programa de promoção em saúde bucal e atendimento odontológico precoce “Boquinha do bebê”, do Centro Universitário UnirG, trabalha a partir da gestação (intra-uterina) com a inscrição e acompanhamento do recém-nato até os 5 anos de idade da criança. Visa prevenir e controlar a doença cárie, doença periodontal e má oclusão na população infantil e investigar novas técnicas para melhoria das práticas curativas e educativas, junto a profissionais da saúde no âmbito da atenção primária de 12 Unidades Básicas de Saúde de Gurupi.

Conforme a professora, as avaliações foram feitas em crianças que formaram três grupos: o primeiro, composto pelas participantes efetivas do programa desde o nascimento; o segundo, das crianças que deixaram de participar por mais de 24 meses e o terceiro, das que nunca participaram de programa de prevenção.

“A avaliação ocorreu em duas etapas, com entrevista às mães e exame clínico nas crianças com cárie, gengivite e oclusopatias (relações estáticas e dinâmicas entre as superfícies oclusais dos dentes)”, afirmou a Rank.

A pesquisadora relatou que “não participar de um programa de promoção em saúde bucal, estatisticamente promoveu mais doenças bucais. O principal motivo citado por 54% das mães que abandonaram o programa foi o esquecimento do dia agendado”.

A professora frisou ainda que “o grupo de crianças que efetivamente frequentou o programa apresentou menor número de indivíduos com os problemas e ouve ainda a menor presença de hábitos deletérios em relação aos grupos que abandonaram e que nunca frequentaram o programa”.

Rise Rank é atualmente professora titular em Odontopediatria na UnirG, possui graduação em Odontologia pela Universidade de Uberaba. Tem especialização e Mestrado em Odontopediatria pelo Centro de Pesquisas Odontológicas São Leopoldo Mandic. Especialização em Ortondontia pela Uningá (TO). Doutorado em Odontopediatria pela Universidade Cruzeiro do Sul (SP) e especialização em Docência na Saúde (UFRGS).

A Conferência

A 20ª Conferência Internacional de Cuidados Primários em Pediatria é uma plataforma global para discutir e aprender sobre cuidados primários pediátricos, cuidados primários para infecções pediátricas, medicina de emergência pediátrica, enfermagem pediátrica de cuidados primários, cuidados críticos pediátricos, cuidados pediátricos e cuidados paliativos, cuidados neurocríticos pediátricos, e prática pediátrica de atenção básica.

Mais informações sobre o evento no site http://primarycare.pediatricsconferences.com/

Assessoria de Comunicação
Fundação e Centro Universitário UnirG
(63) 3612-7512


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

Diario dotocantins 240x240

diario to

ferpam 240x82

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.