CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

Rodrigo Martins / Governo do Tocantins

3 Longuimar sempre quis ser doador Rodrigo Martins

Longuimar sempre quis ser doador e aproveitou a oportunidade para fazer seu cadastro.


O Núcleo de Hemoterapia de Gurupi (Hemonúcleo) está realizando o cadastramento de doadores de medula óssea no Hospital Regional de Gurupi (HRG). A ação se estende até  o dia 4, e faz parte das atividades da 1ª Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (SIPAT), promovida pelo Núcleo de Saúde do Trabalhador da unidade hospitalar.

A enfermeira do Hemonúcleo, Renata da Silva Souza, explica que é fundamental a adesão da comunidade a campanha, já que a média de compatibilidade é de apenas uma para cem mil. “Além de poder curar até 70 tipos de doenças, o transplante de medula óssea é a única esperança de cura para muitos portadores de leucemias”, enfatizou a enfermeira.

A copeira Elenir Santos Aragão já é doadora de órgãos e foi uma das servidoras que se prontificou para fazer o cadastro para doação de medula. “É muito importante ajudar, sempre tem alguém precisando e pode até mesmo ser da nossa família”, comentou.

Longuimar Dias de Sousa, auxiliar de lavanderia, conta que sempre teve vontade de ser doador, mas não sabia como. “Aproveitei que estão fazendo o cadastro aqui e fiz o meu também”, disse, acrescentando que também pretende se tornar doador de sangue para poder ajudar mais pessoas.

Como doar

Para ser doador de medula , é necessário ter entre 18 e 54 anos e nunca ter sofrido de câncer ou doenças contagiosas pelo sangue, como a hepatite e a AIDS. Depois do preenchimento do formulário, é feita a coleta de uma amostra de 5 ml de sangue e após testes de laboratório o cadastro é incluído no Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (REDOME).

 Quando a medula óssea é compatível com algum receptor, o REDOME entra em contato com o doador para realizar os devidos procedimentos para a doação. Caso receptor e doador estejam em cidades e/ou estados distintos, o Ministério da Saúde arca com as despesas de deslocamento do doador para a realização da coleta.

 A enfermeira Renata explica que o cadastro é nacional e só pode ser feito uma vez. Por isso é importante manter os dados atualizados, como endereço e telefone. A atualização pode ser feita pelo próprio doador, por meio do link http://www1.inca.gov.br/doador/.
> O cadastro de doadores de medula óssea é realizado de segunda a sábado, das 7h às 12h, na sede do Hemonúcleo, mas devido à baixa procura, a equipe também está fazendo o cadastro no HRG.

 O que é a medula óssea?

 A medula óssea é conhecido tutano dos ossos, um tecido esponjoso, presente no interior da maioria dos ossos longos e chatos. Nela o organismo produz as células do sangue: glóbulos vermelhos (que transportam oxigênio e gás carbônico), glóbulos brancos (responsáveis pela resistência a infecções), e as células que se transformam em plaquetas (responsáveis pela coagulação do sangue).


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

Negociação de Dividas Energisa 240x240 2

Web Banner 240x240px Cidade Encantada Energisa PP

ferpam 240x82

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.