CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

336090 520Em Formoso do Araguaia, na região sul do Estado, técnicos implantam unidade do projeto PAIS.Projeto traz a proposta de cultivar hortas, frutas e aves num pequeno espaço, consorciando culturas e criações.

Bem mais do que produzir alimentos para consumo da própria família ou guardar o excedente para vender nas feiras, o Projeto denominado Produção Agroecológica Integrada Sustentável (PAIS) tem o objetivo de agrupar agricultores de pequeno porte para encontrar alternativas ecologicamente sustentáveis e melhorar o cultivo de hortifrutigranjeiros e aves por meio da troca de experiências e aprendizado em conjunto.

Em Formoso do Araguaia, na região sul do Estado, técnicos do escritório local do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins) se dedicam, até esta sexta-feira, 31, à implantação de uma unidade do PAIS, na sede da Associação dos Produtores Hortifrutigranjeiros Florescer, situada há pouco mais de três quilômetros a oeste da cidade.

Um dos aspectos interessantes deste Projeto é o formato da área cultivada, que segue o modelo de horta circular. O técnico do Ruraltins, responsável pela implantação do PAIS, Felismino Coelho Alves, ressalta que cada círculo tem sua finalidade.

“Cada anel serve para um tipo de cultivo e funciona como proteção ou barreira natural da cultura imediatamente interna. Estamos definindo o que vamos plantar em cada um dos anéis com os produtores. Já está certo que o último anel será para a criação de galinhas, e fora da tela vamos plantar banana”, afirma Felismino.

Para funcionar adequadamente, o PAIS precisa ser implantado dentro de um núcleo produtivo. No caso, a Associação Florescer destinou uma área de 2.500m², que já foi preparada com a ajuda das máquinas da prefeitura.

Segundo o responsável pelo escritório do Ruraltins, em Formoso, o engenheiro agrônomo Francismar Rodrigues Gama, quando ele foi informado da chance de implantar projeto no município, pensou onde e com quem isto seria possível.

“Escolhemos a associação por ser nova e muito unida. Além disso, ajudamos na implantação desde o registro da documentação”, disse Franscismar.

Para o pesidente da associação, Adriano Lopes Magalhães, a iniciativa é um presente muito bem vindo. “Isto vai não só complementar a renda de algumas famílias, como gerar renda”, avaliou.

O casal José Leonel e Elizete Castro afirma que a expectativa é garantir um futuro melhor. “Na verdade a gente nem esperava, mas já que chegou vamos abraçar com unhas e dentes”, disse o marido. “É um sonho que vai se realizar, ter alimentos fresquinhos e saudáveis na mesa”, completa a esposa.

Além de toda a ajuda na formação dos pequenos agricultores, o Ruraltins também vai fornecer os insumos que farão parte da unidade de produção. Segundo Franscismar, galinhas, adubo orgânico, sementes, tudo está sendo providenciado para, no momento certo, chegar ao projeto.

“Só o poço semi-artesiano é que a Associação vai pagar com o recurso dos associados”, informa, acrescentando que “provavelmente na próxima semana o poço começa a ser perfurado. Depois disso, um detalhe importante é o acesso. A estrada precisa ser melhorada, mas a prefeitura, que tem nos ajudado, com certeza fará isso pela Associação”.

O Ruraltins, por meio da assistente social Leida Maria da Silva Thomé, complementa o serviço de apoio às famílias com o cadastramento de todos os que se envolveram com o Projeto. A assistente é responsável por orientar os pequenos produtores quanto à importância deles se manterem unidos e em grupo.

“O compromisso de todos é o que procuramos despertar neles. As famílias estão trabalhando juntas e isto prova que o projeto é envolvente. Isso, é claro, aumenta a chance de sucesso”, completa.

PAIS

O PAIS, que faz parte das ações do Projeto Cerrado Jalapão, traz a proposta de cultivar hortas, frutas e criar aves num pequeno espaço, consorciando as culturas e criações, a fim de melhorar a qualidade de vida dos agricultores, gerar renda, incentivar a organização para produção e comercialização e principalmente buscar a segurança e soberania alimentar das famílias.

Paulo Albuquerque/Governo do Tocantins


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

300x250 1

Web Banner Corrida de Palmas 200x240px Aniversário 29 Anos PP 1

ferpam 240x82

ENERGISA BANNER SETEMBRO

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

PROMOVA SEU NEGÓCIO

Banners Gif 240x240

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.