CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

Essa é a 15ª edição do concurso que identifica escritores inéditos da literatura nacional

ULTIMAHORA capa paraSescVencedor da categoria Romance em 2017: ÚLTIMA HORA de José Almeida Júnior: O romance trata de uma narrativa histórica passada no jornal fundado por Samuel Wainer sob ponto de vista de um personagem fictício chamado Marcos. Por ter sido vítima de tortura no Estado Novo, Marcos reluta em trabalhar para o periódico, mas acaba aceitando a oferta de Wainer em razão de problemas financeiros. Vivendo o dilema de escrever para um jornal que apoia o governo de Vargas, Marcos acompanha a Última Hora desde a fundação até as crises que quase levam ao seu fechamento. Para embasar os fatos históricos narrados no romance, o autor consultou jornais da época, anais da Câmara dos Deputados, autos da CPI que investigou o Última Hora, além de vasta bibliografia, que incluiu biografias, livros de história, dissertações de mestrado e teses de doutorado a respeito do tema.

O Prêmio Sesc de Literatura celebra 15 anos de existência em 2018. Desde 2003, o concurso revela novos talentos que possuem obras com qualidade literária para edição e circulação nacional.

As inscrições para a edição 2018 começam no dia 8 de janeiro e se estendem até o dia 16 de fevereiro. Os candidatos podem concorrer nas categorias Conto e Romance.

Para participar, os inscritos devem apresentar os originais de romances e as coletâneas de contos inéditos. O autor pode concorrer nas duas categorias desde que tenha obras nunca publicadas em ambas, inclusive em plataforma online. Neste caso, as inscrições são realizadas separadamente. O processo seletivo será realizado via internet, desde o envio de informações pessoais até a obra digitalizada. Todos os trabalhos são submetidos à avaliação das comissões julgadoras compostas por escritores, especialistas em literatura, jornalistas e críticos literários definidos pelo Sesc. Os vencedores serão anunciados em junho de 2018 e terão suas obras publicadas pela editora Record, que é responsável pela edição e distribuição.

José Almeida Júnior e João Meirelles Filho foram os vencedores do Prêmio Sesc de Literatura 2017, nas categorias Romance e Conto, respectivamente, com os livros ‘Última Hora’ e ‘O abridor de letras’.

“O Prêmio Sesc hoje é referência para autores estreantes no país. Após a divulgação do resultado de 2017, passei a ser reconhecido como escritor. Fui convidado a participar de entrevistas e eventos. É um início de carreira como escritor que jamais acreditei que fosse ter”, contou José Almeida.

“O Prêmio Sesc mudou minha vida. Agora terei que dividir-me entre ativista, ensaísta e contista. Muito feliz por ter esta oportunidade e por apresentar a Amazônia em ficção”, concluiu João Meirelles.

O edital completo estará disponível em www.sesc.com.br/premiosesc. Informações adicionais também podem ser obtidas pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Sobre o Prêmio Sesc - Lançado pelo Sesc em 2003, o concurso identifica escritores inéditos, cujas obras possuam qualidade literária para edição e circulação nacional. Até agora já foram revelados 25 novos autores. Além de inclui-los em programações literárias do Sesc, o Prêmio também abre uma porta do mercado editorial aos estreantes: os livros vencedores são publicados e distribuídos pela editora Record. Mais do que oferecer uma oportunidade aos novos escritores, o Prêmio Sesc de Literatura cumpre um importante papel na área cultural, proporcionando uma renovação no panorama literário brasileiro.

 

 


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

Mídias Sites 240x240

ferpam 240x82

diario do tocantins OBRAS PELA CIDADE 240x570 1

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.