CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

destaque-377576-pf.jpg

Na manhã de quinta-feira (18), a segunda etapa da operação DAKJI prendeu cinco pessoas nas proximidades de uma área indígena localizada entre os municípios de Óbidos e Oriximiná, oeste paraense.

A operação objetiva de acabar com a prática de garimpo de ouro clandestino na região de Óbidos e Oriximiná, em torno das áreas da tribo.

Em abril, na primeira etapa da operação, seis pessoas foram presas e duas armas foram apreendidas. De acordo com informações da Polícia Federal na época, as investigações iniciaram em 2013 com denúncias sobre a existência dos garimpos e danos ambientais causados na região.

A operação segue ao longo do dia. Mais pessoas podem ser detidas e levadas para prestar esclarecimentos.

O DOL entrou em contato com a Polícia Federal de Santarém, por volta das 20h, mas, até então, não havia informações novas sobre a operação.

(DOL)


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

Mídias Sites 240x240

ferpam 240x82

diario do tocantins OBRAS PELA CIDADE 240x570 1

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.