CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

destaque-377576-pf.jpg

Na manhã de quinta-feira (18), a segunda etapa da operação DAKJI prendeu cinco pessoas nas proximidades de uma área indígena localizada entre os municípios de Óbidos e Oriximiná, oeste paraense.

A operação objetiva de acabar com a prática de garimpo de ouro clandestino na região de Óbidos e Oriximiná, em torno das áreas da tribo.

Em abril, na primeira etapa da operação, seis pessoas foram presas e duas armas foram apreendidas. De acordo com informações da Polícia Federal na época, as investigações iniciaram em 2013 com denúncias sobre a existência dos garimpos e danos ambientais causados na região.

A operação segue ao longo do dia. Mais pessoas podem ser detidas e levadas para prestar esclarecimentos.

O DOL entrou em contato com a Polícia Federal de Santarém, por volta das 20h, mas, até então, não havia informações novas sobre a operação.

(DOL)


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

Diario dotocantins 240x240

diario to

ferpam 240x82

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.