CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

destaque-366755-pg7-droga-santa-izabel.jpg

Uma semana depois da Polícia Militar estourar um grande local de abastecimento de drogas em Santa Izabel do Pará, prendendo uma mulher e apreendendo 7 quilos do produto, a equipe do capitão Barros recebeu nova denúncia, dando conta de que havia chegado no local novo carregamento.

O oficial determinou a guarnição do cabo Vidal e soldado Ferreira a fazer nova busca em uma casa no ramal da Quinta Nova no bairro da Moema resultando na detenção de Manoel Rodrigues de Souza Ferreira, de 39 anos, desta feita com quatro quilos de maconha prensada.

O cabo Vidal fez a apresentação do homem ao delegado Paulo Henrique Ribeiro Soares Junior, na Seccional Urbana de Santa Izabel, informando que o mesmo foi flagrado na residência de Antônio Erimar Silva e Silva, guardando vasta quantidade de material entorpecente.

“A denúncia ao nosso batalhão se deu logo após a prisão da mulher de Antonio Erimar afirmando que tão logo ela foi presa um homem passou a frequentar o local e ao chegarmos novamente a casa nos deparamos com Manoel Rodrigues de posse do material entorpecente”, informou o cabo Vidal.

No quintal, debaixo de umas palhas, uma saca com 2 tabletes envoltos em fita adesiva de cor marrom, contendo maconha e 7 porções do mesmo produto. além de um frasco contendo solução de bateria e uma balança de precisão, materiais para confecção e pesagem da droga.

Interrogado, Manoel Rodrigues de Souza Ferreira disse que, por não possuir residência fixa desde o último final de semana, estava passando uns dias na residência de Antonio Erimar, localizada no Ramal da Quinta, bairro Moema e para se manter recebia uma ajuda de R$150,00 para reparar e dar alimentos às galinhas e cachorros da casa.

Manoel Rodrigues de Souza Ferreira disse também que estava responsável pela guarda de 30 quilos de maconha que estavam escondidos no mato ao lado da casa sendo que o dono Antonio Erimar mandava sempre a noite buscar parte da droga restando apenas o que foi encontrado pela guarnição do 12º BPM.

O homem disse que nunca chegou a participar do processo de embalagem e, tinha como função apenas “ficar de olho” para ver alguma movimentação estranha de outros donos de “bocas” ou se chegavam policiais no ramal da Quinta na Moema.

Por não ser alfabetizado Manoel Rodrigues de Souza Ferreira teve o depoimento lido e na presença de duas testemunhas, mandado a exame de corpo de delito e em seguida entregue ao Sistema Penal. Ele confessou que já esteve preso pelo mesmo crime. O capitão Barros do 12º BPM disse que este tipo de combate ao tráfico de drogas tem sido uma determinação do tenente coronel Gustavo e conta com a ajuda da população denunciando os pontos de vendas de entorpecente em Santa Izabel.

 

(*J. R. Avelar/Diário do Pará)


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

Web Banner 230x230px Energisa Dom Orione 2018 3

Banners Sites 240x240

ferpam 240x82

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.