CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

e1509a96-daa7-48d1-a50d-f71e8e458f2c.jpeg

Uma menina de 11 anos sofreu um estupro coletivo em São Cristóvão, interior de Sergipe. O caso corre em segredo de Justiça, mas a mãe da vítima relatou os momentos de horror vividos pela criança.
A mãe conta que a menina saiu de casa para estudar e, comoestava demorando para retornar, saiu à procura dela. No caminho, a encontrou chorando e muito machucada.

— Eu fiquei até sem reação. Estou chorando aos poucos. Não tenho nem como falar porque o que eu estou sentindo é horrível. É uma situação humilhante. Saber que sua filha foi abusada por três e ouvir a polícia dizer que ainda vai ver o que vai fazer.

Ainda segundo relato da mãe, a menina foi obrigada a fazer relação com um dos estupradores enquanto outro filmava. Depois, eles ameaçaram divulgar as imagens caso ela não fizesse sexo com eles também. O abuso durou cerca de três horas e deixou a menina com vários ferimentos.

Os três suspeitos, menores de idade, já foram identificados pela polícia. O Conselho Tutelar diz que, agora, a preocupação é com a saúde da menina.

Fonte: Com informações do R7


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

Negociação de Dividas Energisa 240x240 2

Web Banner 240x240px Cidade Encantada Energisa PP

ferpam 240x82

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.