CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

Crédito: PMA-MS
onça parda 

Onca-parda-morta .Segundo os policiais, trata-se de um animal adulto.A onça-parda está na lista de animais em extinção do ICMBio na categoria vulnerável. 

Um homem foi detido ontem (20) por equipe da Polícia Militar Ambiental de Mato Grosso do Sul (PMA-MS) por ter matado uma onça-parda (Puma concolor) em uma fazenda na região de Bonito, famoso destino turístico de Mato Grosso do Sul.

Os militares faziam uma barreira de rotina na rodovia MS-178, entre Bonito e Bodoquena, quando ouviram tiros vindos de uma mata próxima. Ao entrarem na propriedade, encontraram o homem, que contou ser funcionário da fazenda. Ele confessou o crime e levou os policiais até a onça-parda abatida, em uma área de reserva legal.

Na sequência, por indicação do caçador, os policiais foram até a sede da fazenda e apreenderam uma espingarda calibre 22, um revólver calibre 38 e munições, tudo sem documentação.

Ele foi levado à delegacia de Polícia Civil de Bonito, onde foi preso. A pena para a caça é de seis meses a um ano e meio de detenção, já que o animal abatido está na lista de espécies em extinção. Pela posse das armas, poderá pegar pena de um a três anos de detenção. Ele também foi autuado administrativamente e multado em R$ 5.000,00 pelo abate do animal.

A Polícia Militar Ambiental de Mato Grosso do Sul afirmou em nota que irá empalhar o animal, para que seja utilizado em trabalhos de Educação Ambiental da corporação.

Fabio Pellegrini - http://www.oeco.org.b


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

Negociação de Dividas Energisa 240x240 2

Web Banner 240x240px Cidade Encantada Energisa PP

ferpam 240x82

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.