CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

O látex hipoalergênico precisa passar por novos testes

unbe 0 0Feita de látex, encontrado no líquido das seringueiras, a camisinha é um dos mais populares métodos contraceptivos e de proteção contra doenças sexualmente transmissíveis. O problema é que qualquer pessoa pode desenvolver alergia às proteínas contidas no material, mesmo que seja látex natural.

Pra resolver a questão, pesquisadores da Universidade de Brasília (UnB) desenvolveram a camisinha com látex hipoalergênico. E o melhor: continua sendo o natural. Para isso, deixaram as proteínas inativas em vez de retirarem, já que a retirada poderia prejudicar a resistência da borracha. É o que explica um dos realizadores desse feito, Floriano Pastore, do Instituto de Química da UnB.

Apesar da descoberta e do sucesso nos laboratórios, o látex hipoalergênico precisa passar por novos testes, como diz o pesquisador, que prevê o uso do material em outros produtos.

O tanino, que deixa as proteínas inativas, é encontrado em sementes, cascas e caules de frutos verdes. Devido ao uso, os materiais feitos com ele podem ter coloração bege.

* Brasília Embed
Sayonara Moreno


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

Diario dotocantins 240x240

diario to

ferpam 240x82

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.