Vejam o comentário do jurado Adriano Gambarini para esta etapa:

Novamente a vida silvestre brasileira domina as imagens desta 7ª Etapa no Concurso. Aves, anfíbios, répteis e onças-pintadas nas barrancas dos rios do Mato Grosso foram as fontes de inspiração dos participantes. Neste aspecto, a facilidade da tecnologia digital permitiu uma popularização maior da fotografia. Os hobbistas se sentem mais confiantes em fotografar, buscam temas que antigamente estavam restritos aos olhos de fotógrafos profissionais. E isto é muito importante para a valorização do meio ambiente, num país tão avassalado por crimes ambientais ocorrendo à luz do dia.

Os vencedores

1º lugar: Lucas Rimis [25 pontos]

Tucanos. Belezas do Parque Nacional do Itatiaia. Foto: Lucas Rimis

Como ocorreu na fase anterior, o vencedor é uma novidade no concurso: Lucas Rimis. A bela foto dos tucanos foi capturada no Parque Nacional do Itatiaia. Lucas ganha 25 pontos no placar e leva para casa um exemplar de Expedição Natureza Gaúcha, por Zé Paiva. Leia a avaliação do jurado Adriano Gambarini:

Adriano Gambarini: A fotografia de dois tucanos à sombra de ramos de pinheiro deu um toque poético no concurso. Pessoalmente falando, acredito que a forma de olhar a natureza é essencial para chamar a atenção pela sua preservação. A simples documentação ambiental é muito importante, mas se atribuímos um toque artístico, agrega um valor humano e emocional. E isto contribui para que novas pessoas tomem gosto pelo assunto.

2º lugar: Joaquim Neto  [20 pontos]

Cobra. “Os primeiros experimentos com a fotografia de serpentes da Caatinga em 2007, com uma Powershot da Canon, uma simples câmera compacta”. Foto: Joaquim Neto

Joaquim Neto firma sua posição em mais uma fase do concurso, com esta dinâmica foto de uma cobra em ação. O registro de 2007 foi obtido no Parque Nacional da Serra da Capivara. Com ele, o fotógrafo mantém a sua liderança com um total de 137 pontos no placar geral. E a sua biblioteca cresce com Abrolhos, de Afonso Capelas Junior.

Adriano Gambarini: A foto de uma cobra abrindo a boca pode, a princípio, transmitir uma sensação de periculosidade. Mas o pano de fundo de um céu azul, a luz do fim de tarde ressaltando as cores da pele do animal contrapõem qualquer preconceito sobre este grupo de animais tão importante para biodiversidade como um todo. Além disso, o “abrir a boca” nada mais é do que um comportamento de defesa desta espécie de cobra, que por sinal, não é peçonhenta.

3º lugar: Moisés Lima [16 pontos]

Perereca-da-folhagem. Passando o dia de descanso para começar as atividades noturnas. Foto: Moisés Lima

Moisés Lima retorna ao top 3 com este close-up da perereca-da-folhagem fotografado no Parque Estadual da Serra Verde. Pelo 3º lugar, ele leva 16 pontos que o mantém na 3ª posição do placar geral. Seu prêmio é o livro Pantanal. Cores e Sentimentos, por Fabio Colombini.

Adriano Gambarini: A monocromia desta foto revela, além de um característica típica dos anfíbios, o mimetismo, um olhar de simplicidade sobre as cenas. Acredito piamente que um olhar simples sobre a natureza seja fundamental para fotografá-la.

Na disputa

Em todas as etapas, os três primeiros colocados ganharam prêmios. Além desta premiação, as dez melhores fotos recebem pontos para o grande prêmio

É bom lembrar que, em cada etapa, cada fotógrafo pode concorrer com até 10 fotos. Serão consideradas apenas as 10 primeiras fotos enviadas por cada um, por ordem de data de envio ao site. Os fotógrafos acumularão os pontos recebidos em cada uma das 8 etapas e, no final do ano, os três fotógrafos com mais pontos receberão, de acordo com a sua posição, um grande prêmio do ano.

Veja abaixo as fotos que também pontuaram nesta etapa. 

Peterson de Almeida
Salvando a floresta
“Helicóptero dos Bombeiros auxiliando a brigada do Parque Nacional da Tijuca durante o combate a um incêndio florestal.”
Parque Nacional da Tijuca
Heris Rocha
Bela Onça

“Onça de frente caminhando no Parque Estadual do Encontro das Águas.”
Parque Estadual Encontro das Águas
Guilherme Haruo
Cachoeira do Tabuleiro
“Cachoeira do Tabuleiro num dia com muitas nuvens no céu, momento único quando os raios solares acharam um espaço e iluminaram somente o paredão da queda!”
Parque Estadual Serra do Intendente

 

Wirley Almeida Santos
Macrofotografias

“Macrofotografias de insetos feitas no Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque.”
Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque

 

Alexander Tamanini Mônico
Vocalização da Perereca-martelo (Hypsiboas faber)
“Macho de Hypsiboas faber, popularmente conhecida como Perereca-martelo, vocalizando na vegetação flutuante na Reserva Biológica Augusto Ruschi, em Santa Teresa, ES”
Reserva Biológica Augusto Ruschi

 

Jefferson Antonio da Paz Martins
Hora do Lanche
“Foto no Parque Municipal de Maceió, área de Mata Atlântica preservada! Jacaré na espreita a espera de seu ‘lanchinho’ (tripas de frango).”
Parque Municipal de Maceió

 

Antonio Bordignon
Chuveiro da caverna 
“Espeleotema chuveiro, na caverna Tememina, Núcleo de Caboclos do PETAR.”
Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira

O placar geral acrescentou alguns novos fotógrafos. E as primeiras posições estão bem disputadas! Entre a 2ª e a 4ª posições a diferença é de apenas 16 pontos. Muito coisa pode acontecer! Confira o ranking:

Fotógrafo Pontuação Fotógrafo Pontuação
Joaquim Neto 137 Rubens Franco Mittag 12
Peterson de Almeida 91 Luiz Fabiano Pinheiro 10
Moisés Lima 83 Marcio Papi 10
Heris Rocha 75 Gabriela Carvalho 9
Bart van Dorp 31 Giancarlo Zorzin 8
Carlos Divino Guimarães Silva 30 Edivaldo Souza 6
Leandro do Nascimento 26 Antonio Sergio Barbosa 6
Guilherme Haruo Vieira Okano 26 Wirley Almeida Santos 4
Roberto Dall’Agnol

25

Ivan Cesar 2
Lucas Rimis 25 Alexander Tamanini Mônico 2
Laurent Guerinaud

24

Rubens Monteiro Luciano 2
Olivier Jaudoin 16 Gabriel César Bitencourt 2
Izabel Reigada 16 Jefferson Antonio da Paz Martins 2
Andreth Oliveira 12 Bianca Schumacher, Carlos Durigan, Paulo Victor Gomes, Priscila da Matta Xavier, Nilmara Silva, Antonio Bordignon 1
Raphael Sombrio 12 
Renato Moreira 12

O concurso continua

Fotógrafos, não esqueçam que as suas contribuições também constroem o WikiParques. Não deixem de mostrar em seus perfis que fazem parte desta comunidade com os Escudos WikiParques!

Você também pode participar. A oitava etapa já está em andamento e só termina no dia 31 de dezembro! Falta pouco para o grande prêmio em dezembro: não deixe de mandar suas fotos, siga as instruções do regulamento e boa sorte!

((eco))