CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

cardiopatias

As recomendações da SBC incluem um novo perfil de "risco muito alto"

A SBC (Sociedade Brasileira de Cardiologia) diminuiu as taxas de referência para os níveis de LDL, o colesterol ruim.

A mudança está presente na atualização da "Diretriz Brasileira de Dislipidemias e Prevenção da Aterosclerose", documento que serve como fonte de informação e referência para os cardiologistas.

As recomendações da SBC incluem um novo perfil de "risco muito alto", relacionado a indivíduos que já tiveram evento cardiovascular. Para esses casos, o LDL deve ser mantido abaixo de 50 mg/dl -antes, o teto era 70 mg/dl.

Os casos de "risco alto", categoria máxima da versão anterior da diretriz, de 2013, devem continuar com o LDL abaixo de 70 mg/dl. Essa recomendação é voltada para pessoas que ainda não passaram por eventos cardiovasculares, mas com condições que podem levar a um.

+ Conheça os sintomas da falta de vitamina D, mais comum no inverno

Neste grupo, estão diabéticos, pessoas com aneurisma de aorta abdominal, doença renal crônica e os que têm altas taxas de LDL.

"Temos que ser mais agressivos no tratamento para redução de colesterol, principalmente em pacientes que já têm uma doença cardiovascular estabelecida", afirma André Faludi, presidente do departamento de aterosclerose da SBC.

Com Informações - Folhapress

Fique sempre bem informado sobre tudo o que acontece em Rondonópolis - MT - WhatsApp-(66) 99681-2830 - Jornalista -DRT/MT-325/89 - Mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

300x250 1

Banners Sites 240x240

ferpam 240x82

ENERGISA BANNER SETEMBRO

durax 240x72

pub diario folha da cidade 270 340

PROMOVA SEU NEGÓCIO

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.