CEOP GIF BRUNO

Z NOVO3

 

Divulgação/CNJ

 

3d4d1a4aa6b4fbd665729b041783cb9e

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) abriu a pré-inscrição para os interessados em participar da II Jornada de Direito da Saúde. O evento será realizado nos dias 18 e 19 de maio, na sede do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJSP), e tem o objetivo de discutir a judicialização da saúde e apresentar enunciados interpretativos que vão subsidiar os magistrados nas decisões judiciais.

O prazo da pré-inscrição vai até 15 de abril. Poderão fazê-la cidadãos comuns, magistrados, membros do Ministério Público, advogados, membros de procuradorias (União, estados, município e autarquias), defensores públicos (federais e estaduais), servidores do Ministério da Saúde, secretários e servidores das Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde, gestores de saúde, profissionais da área da saúde, profissionais da área acadêmica (professores universitários e acadêmicos com atuação nas áreas da saúde pública, saúde suplementar e biodireito) e cidadãos com conhecimento e atuação nas áreas da saúde pública, saúde suplementar e biodireito. Ao término desse prazo, os organizadores do evento selecionarão os participantes com o objetivo de obter maior diversidade possível.

Para os interessados em enviar propostas de enunciados, o prazo termina em 6 de abril. Qualquer pessoa poderá fazê-lo. As propostas deverão ser enviadas para o endereço eletrônico Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. , com o título “Enunciado Saúde/CNJ”. Cada interessado poderá encaminhar, no máximo, três propostas.

A II Jornada de Direito da Saúde integra as ações do Fórum Nacional do Judiciário para a Saúde, criado em 2010 pelo CNJ para o monitoramento e a resolução das demandas de assistência à saúde. O fórum, hoje supervisionado pela conselheira do CNJ Deborah Ciocci, foi criado como resposta ao elevado número de litígios referentes ao direito à saúde, que geram forte impacto sobre os orçamentos públicos. Um de seus principais resultados foi a edição de resolução da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) que obriga os planos de saúde a informarem, por escrito, e em 48 horas, qualquer negativa de atendimento ao usuário.

Acesse aqui mais informações sobre o evento.

Serviço:
Data: 18 e 19 de maio de 2015
Local: Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJSP)
Carga Horária: 16 horas
Vagas: 400
Inscrições para apresentação de enunciados: até 6 de abril de 2015
Pré-inscrições para o evento: até 15 de abril de 2015
Objetivo: Produzir, aprovar, revisar, publicar e divulgar enunciados interpretativos sobre o direito à saúde
Público-alvo: magistrados; membros do Ministério Público; advogados, membros de procuradorias (união, estados, município e autarquias); defensores públicos (federais e estaduais); servidores do Ministério da Saúde; secretários e servidores das Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde; gestores de saúde; profissionais da área da saúde; profissionais da área acadêmica (professores universitários e acadêmicos com atuação nas áreas da saúde pública, saúde suplementar e biodireito) e cidadãos com conhecimento e atuação nas áreas da saúde pública, saúde suplementar e biodireito.

Agência CNJ de Notícias


O Diário do Tocantins apoia a liberdade de opinião, mas é contra o uso de termos ofensivos. Os comentários listados abaixo estão sob responsabilidade de seus respectivos autores.

durax 240x72

assembrleia 240

ferpam 240x82

ENERGISA BANNER SETEMBRO

pub diario folha da cidade 270 340

PROMOVA SEU NEGÓCIO

Todos os direitos reservados - Cidade Comunicação LTDA. Contato: falecom @ diariodotocantins.com.br.